Nas Bancas

DUPLA-FINALISSIMA.jpg

Regulamento Concurso CARAS / Odisseias 2012

Habilite-se a 400 experiências para duas pessoas.

CARAS
11 de abril de 2012, 16:14

1.ª - O concurso destina-se a todas as pessoas singulares, residentes legalmente em Portugal Continental e nas Ilhas (Açores e Madeira), maiores de dezoito anos de idade que comprarem a revista CARAS e a guardarem. Quantas mais revistas Caras comprar mais hipótese tem de ganhar, a revista Caras não sofrerá aumento de preço em virtude da realização do concurso.
Não serão admitidos ao concurso, sócios, administradores ou empregados da promotora do concurso.
2.ª - As capas das edições nº 871, 872, 873 e 874 da revista Caras, lançadas entre dia 18/4/2012 até 15/5/2012 (inclusive), serão impressas com um código (diferente por cada revista).
3ª - O leitor/a habilita-se aos prémios comprando a revista Caras. Basta comprar a revista Caras para se habilitar aos fabulosos prémios. O leitor terá de guardar a revista para fazer prova de compra e comprovar o seu código, se for um dos vencedores.
4.ª - O sorteio será efetuado no final das 4 semanas e através de programa informático de extração aleatória devidamente autorizado pela Secretária-Geral do Ministério da Administração Interna, no dia 23/05/2012 pelas 17:30 nas instalações da Medipress.
5.ª - As operações de apuramento dos concorrentes far-se-ão nas instalações da Medipress com sede na Rua Calvet de Magalhães, n.º 242, Laveiras, 2770-022 Paço de Arcos no dia 23/5/2012 pelas 17:30.
6.ª - Os prémios a atribuir são os seguintes:

- Edição Caras 871 / De 18 abril 2012 a 24 abril 2012 / 100 Packs “7 noites a 2” com o valor liquido unitário de 49,90€, e o valor liquido total de 4.990€.

- Edição Caras 872 / De 24 abril 2012 a 1 Maio 2012 / 100 Packs “SPA a 2” com o valor liquido unitário de 24,90€ e o valor liquido total de 2.490€.

- Edição Caras 873 / De 2 a 8 maio 2012 / 100 Packs “Degustações e Delicias” com o valor liquido unitário de 14,90€ e o valor liquido total de 1.490€.

- Edição Caras 874 / De 9 a 15 maio 2012 / 100 Packs “Experimenta Portugal” com o valor liquido unitário de 29,90€ e o valor liquido total de 2.990€.
As importâncias atrás indicadas constituem o valor líquido dos prémios, sendo o seu valor ilíquido, após a aplicação do Imposto Selo de 35% + 10%, nos termos do 11.2 e 11.2.2 da Tabela Geral do Imposto de Selo, o seguinte:

- Edição Caras 871 / De 18 abril 2012 a 24 abril 2012 / 100 Packs “7 noites a 2” com o valor ilíquido unitário de 90,73€ e valor ilíquido total de 9.072,73€.

- Edição Caras 872 / De 24 abril 2012 a 1 Maio 2012 / 100 Packs “SPA a 2” com o valor ilíquido unitário de 45,27€ e valor ilíquido total de 4.527,27€.

- Edição Caras 873 / De 2 a 8 maio 2012 / 100 Packs “Degustações e Delicias” com o valor ilíquido unitário de 27,09€ e valor ilíquido total de 2.709,09€.

- Edição Caras 874 / De 9 a 15 maio 2012 / 100 Packs “Experimenta Portugal” com o valor ilíquido unitário de 54,36€ e valor ilíquido total de 5.436,36€.
As importâncias devidas a título do Imposto de Selo constituem responsabilidade da entidade promotora.
7.ª - Os prémios referidos na condição 6ª deverão ser reclamados no prazo de 90 dias a contar da data da realização do sorteio nas instalações da Medipress (Rua Calvet Magalhães, nº242, 2770-022 Paço de Arcos), nos dias úteis das 10:30 às 13:00 e das 14:30 às 18:00, a partir do dia 30 Maio de 2012
8.ª - A publicidade do concurso será feita SIC (Televisão) e em Imprensa (Publicações da Impresa Publishing): Caras; Visão; Expresso, TVmais e Telenovelas obrigando-se a promotora do concurso a expor claramente todas as condições respeitantes ao mesmo, em cumprimento do disposto no art.º 11.° do Decreto-Lei n.º 330/90, de 23 de Outubro, com a redação dada pelo Decreto-Lei n.º 275/98, de 9 de Setembro.
9.ª –Após a determinação dos premiados, a requerente obriga-se a fazer anunciar pelos meios de publicidade indicados na condição 8ª, os números das capas numeradas vencedoras, bem como o último dia do prazo em que os prémios podem ser levantados, na edição 877 da Caras de 30 Maio assim como no site da Caras a partir desta data.
10.ª - A requerente compromete-se a apresentar na Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, no prazo de oito dias a contar do termo final daquele a que alude a condição 7ª, declarações comprovativas da entrega dos prémios, nas seguintes condições:

a) Declaração assinada pelo premiado, acompanhada de fotocópia do seu bilhete de identidade/cartão do cidadão.

b) Sendo o premiado pessoa coletiva, será junta fotocópia do documento que comprove a qualidade de representante legal da pessoa coletiva premiada.

c) Sendo o premiado menor, a declaração referente ao recebimento do prémio será assinada por um dos progenitores, nas condições indicadas em a), acompanhada de fotocópia do bilhete de identidade/cartão do cidadão do menor.
11.ª - No prazo referido no número anterior, a requerente compromete-se a comprova, perante a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, a entrega ao Estado das importâncias devidas pela aplicação da taxa do Imposto Selo de 35% + 10%, sobre o valor dos prémios.
12.ª - No caso de os prémios não serem reclamados no prazo devido, ou de não ser feita prova, nos termos e no prazo referidos na condição 10.ª, propõe-se que os prémios sejam utilizados num concurso finalíssimo nos 6 meses seguintes ao prazo referido na condição 7ª. Do concurso finalíssimo, caso ainda existam prémios por entregar, propõe-se que os mesmos, em espécie ou o seu valor em dinheiro, reverta para instituição com fins assistenciais ou humanitários, que for designada pela Secretária-Geral do Ministério da Administração Interna, no prazo de 30 dias a contar da respectiva notificação.
Também haverá idêntica reversão se, por qualquer circunstância, incluindo o incumprimento de algumas das cláusulas estabelecidas no regulamento, por parte da entidade organizadora, não for possível atribuir os correspondentes prémios, depois de iniciados os trabalhos com a participação do público.
13.ª - A requerente compromete-se, a:
a) Confirmar por escrito, à Secretária-Geral do Ministério da Administração Interna, as datas das operações e, bem assim a identificação do seu representante nas mesmas;
b) Proceder ao pagamento das despesas relativas à fiscalização que irá ser exercida pelos representantes do Ministério da Administração Interna, nos termos da Portaria nº 1203/2010, de 30.11.2010, sobre as atividades do referido concurso, salvo quando se trate de operações cujo pagamento não possa ser calculado previamente, sendo neste caso efetuado imediatamente a seguir à realização do trabalho.
14.ª - Através de todos os meios publicitários indicados na cláusula 8ª, serão dados a conhecer ao público, não só o local, dia e hora da realização das operações de determinação dos contemplados como também a data limite de habilitação ao concurso.
15ª – A Secretária-Geral do Ministério da Administração Interna reserva-se o direito de, em qualquer caso, exigir outros documentos complementares de prova da entrega dos prémios, fixando para a sua apresentação um prazo não inferior a 15 dias.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras