Nas Bancas

0 (14).jpg

CARAS Motores: Novo Kia Rio

O novo Rio está mais atraente.O motor 1.1 diesel de 75 CV promete consumos abaixo dos quatro litros para percorrer 100 quilómetros e um preço competitivo.

Luís Cáceres
2 de setembro de 2011, 13:00

A quarta geração do novo Rio que se estreou no Salão de Genebra, em Março, está determinado em agitar o segmento dos automóveis compactos e acelerar as vendas da Kia na Europa.

O novo Rio possui uma personalidade moderna e quebra totalmente com o modelo anterior que, verdade seja dita, não cativou muito os portugueses.

O novo modelo é mais comprido, mais largo e mais baixo e apresenta uma distância entre eixos com mais 70 mm - aumentando significativamente o espaço de carga e para os passageiros.

A versão de cinco portas será a primeira a ser colocada à venda na Europa durante o terceiro trimestre de 2011 e a versão de três portas chega no primeiro trimestre de 2012. Ambas as versões serão construídas exclusivamente na fábrica da Kia em Sohari, na Coreia.

Trata-se do primeiro Kia a possuir o sistema ' Virtual Sound', desenvolvido por técnicos de som da Arkamys, e configurado especificamente para este modelo. O sistema supera as limitações acústicas do veículo causadas pelo posicionamento típico das colunas nos painéis inferiores das portas.

Com o intuito de oferecer mais opções aos clientes, os modelos para o mercado europeu incluem: luzes LED diurnas, limpa para-brisas com sensor de chuva e desembaciamento automático, bancos em pele, sistema start/stop, radio RDS com leitor de CD, compatível com MP3 e ligações IPOD e USB + AUX e ligação Bluetooth mãos-livres (com sistema de reconhecimento de voz disponível a partir de Dezembro de 2011), cruise control, ar condicionado automático, bancos dianteiros e volante aquecidos. Em alguns mercados, o tablier poderá incluir uma pré-instalação para a ligação de um sistema de navegação portátil, ou com um sistema de navegação com ecrã de 18 cm e uma câmara de traseira.

Na Europa, o novo Rio oferece quatro motores de três e quarto cilindros - com uma potência entre os 75 e 109 cavalos - e valores únicos de emissões de CO2 de 85 g/km. O consumo de combustível é de 3,2 litros aos 100 quilómetros para o novo modelo EcoDynamics diesel.

Motores diesel

Em muitos países, a versão diesel é a preferida neste segmento e o Rio estará disponível em duas versões. A versão 1.4 litros turbo , que debita 90 cavalos, enquanto a versão de três cilindros 1.1 litros, também com turbo, debita 75 cavalos.

Motores a gasolina

Os clientes que preferirem motores a gasolina poderão optar pelo motor 1.4 litros de 109 CV ou pelo motor 1.2 litros de 85 CV. De acordo com os valores indicados pela Kia, estes modelos apresentam consumos entre os 3,6 e 5,1 litros por 100 quilómetros.

Para o novo Rio EcoDynamics com motor 1.1 litros diesel foram implementadas algumas medidas adicionais de redução de emissões, tais como uma grelha dianteira de baixo atrito, spoiler traseiro, pneus de baixo atrito e indicador de passagem de caixa para encorajar um estilo de condução mais económico. Para reduzir o peso, alguns equipamentos de série nos modelos de especificações superiores, tais como o sistema limpa pára-brisas traseiro e as colunas de som, foram eliminadas. Consequentemente, o peso do carro é reduzido em 36 kg para um total de 1080 kg e as emissões descem para 85 g/km, enquanto o consumo de combustível se fixa nos 3,2 litros por 100 km.

Ambos os modelos diesel e a versão maior a gasolina terão uma transmissão manual de seis velocidades, ao passo que o motor de 1.2 litros terá uma caixa de 5 velocidades. Na versão de 1.4 litros a gasolina, haverá uma caixa automática de quatro velocidades disponível como opcional.

Na Europa, o equipamento de proteção de série inclui seis airbags (frente, lateral e cortinas), ESC (Controlo Eletrónico de Estabilidade), Vehicle Stability Management (VSM), HAC (Assistência ao Arranque em Subida) para evitar que o veículo descaia quando se encontra em pisos inclinados, e cintos de segurança com três pontos para todos os ocupantes.

Os engenheiros da Kia estão confiantes que o novo Rio terá um resultado de cinco estrelas nos crash testes da EuroNCAP, tal como obtiveram o Cee'd, Venga, Soul, Sportage e Sorento.

O equipamento de segurança opcional inclui novos faróis de curva, um limitador de velocidade ajustável, sensores de estacionamento traseiros e limpa para-brisas com sensor de chuva e desembaciamento automático.

Um novo sistema chamado ESS (Sinal de Travagem de Emergência) estará disponível para alertar os condutores atrás que o carro está a abrandar rapidamente. Os sensores detetam quando o condutor trava repentinamente, piscando automaticamente as luzes de travão três vezes. A condução noturna é mais segura com os faróis de elevada projeção, os novos faróis de curva, as luzes LED diurnas e as luzes LED traseiras.

Kia Rio: 1.2 - Gasolina

LX - 12.600 euros

EX - 13.800 euros

TX - 14.800 euros

1.1 Diesel

LX - 15.600 euros

EX - 16.800 euros

TX - 17.800 euros

Nota: O preço das versões de 3 portas que chegam ao mercado nacional no mês de Fevereiro de 2012 custam, em média, menos 750 euros.

Os preços divulgados são meramente indicativo. A CARAS não pode ser responsabilizada por qualquer alteração de preços decidida pela marca.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras