Nas Bancas

Aldeia de Vilarinho das Furnas

 A exposição de fotografia do grupo IF, estará patente no Braga Parque, até 20 de Agosto. A entrada é livre.

Cláudia Alegria
8 de agosto de 2010, 19:17

O Braga Parque recorda, até 20 de Agosto, as memórias de Vilarinho das Furnas através de uma exposição colectiva de fotógrafos, que mostra ao público as ruínas daquela localidade, submersa após a construção da Barragem de Vilarinho das Furnas em 1972.

Um conjunto de fotografias que revelam os restos da aldeia, visíveis nos anos em que o nível da albufeira está mais baixo, projetando nos espetadores o silêncio e a calma do lugar, a secura, a aridez, o vazio e a estagnação da paisagem.

A exposição é da autoria do grupo IF, atualmente constituído pelos fotógrafos João Paulo Sotto Mayor, Manuel Magalhães, Henrique Araújo e António Drummond, e partilha com o público visões distintas de Vilarinho das Furnas, carregadas de significados. Os pormenores da terra seca estalada alternam com as vistas panorâmicas que abrangem as montanhas. As fotografias partilham elementos arquitetónicos, alguns já destruídos, outros ainda intactos. Entre colunas que se mantêm de pé, casas pela metade, janelas e portas isoladas, escadas irregulares e muitas pedras soltas, a mostra esconde no entanto uma aldeia outrora habitada, cheia de vida e de movimento.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras