Nas Bancas

Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento

Conheça o Audi Q5 2.0 TDI Quattro

Luís Cáceres
26 de janeiro de 2010, 12:17

O mercado dos SUV - Sport Utility Vehicle - é um dos que tem crescido mais na última década. O lançamento de modelos como o Nissan Qashqai, BMW X3, ou o almirante Audi Q7, contribuíram para o sucesso deste tipo de automóveis. Actualmente, praticamente todos os construtores produzem veículos com vocação/ pretensão para sair do asfalto e subir alguns passeios.

A apresentação internacional do Audi Q5 aconteceu no Verão de 2008, na cidade espanhola de Sevilha. Na altura conduzi a versão equipada com o motor 2.0 TDI Quattro com o motor de 143 CV, ao fim de pouco mais de uma centena de quilómetros de estrada fiquei desde logo com a ideia que o bloco era curto para o peso do carro.


Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento

Desta vez fui desafiado para testar a versão 2.0 TDI Quattro de 170 CV com a caixa automática S Tronic. Fui buscar o Audi Q5 às instalações da SIVA, na Azambuja. Eu sei que a cor branca está na moda, recordo-me que no final da década de 70 também aconteceu o mesmo, se bem que na altura, a moda dos automóveis brancos ainda não incluía o pára-choques e espelhos retrovisores da mesma cor.


Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento

Quando conduzo um carro diferente não gosto de arrancar sem procurar a posição de condução ideal. Tenho o hábito de verificar onde estão os principais elementos de conforto e segurança activa e passiva. Analiso sempre o estado dos pneus, certifico-me onde está situado o botão do stop para o caso de uma travagem de emergência. Mas não só, gosto de ver como funcionam as luzes, o limpa pára-brisas, onde está o botão para trancar as portas, como ligo o rádio e, claro, como memorizo as minhas estações de rádio preferidas. Certifico-me que os documentos estão no porta-luvas. Enfim, demora algum tempo mas são detalhes importantes para evitar tirar os olhos da estrada.


Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento

O Audi Q5 TDI Quattro possui uma excelente posição de condução e visibilidade panorâmica sobre a estrada. O rolamento em asfalto é suave, a insonorização a bordo é boa. O motor 2.0 TDI de 170 CV é ágil, apesar dos quase 1800 kg que os 410 Nm de binário ajudam a disfarçar, não é um foguete mas o comportamento em estrada é muito eficaz.Gostei bastante da caixa automática de sete velocidades que contribuiu para consumos médios de 6,8 litros


Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento

A precisão do chassis e a direcção muito directa e contribuem para um comportamento dinâmico acima da média, gostei particularmente da segurança demonstrada com o piso molhado onde a intervenção da tracção integral às quatro rodas é fundamental. Não gostei da dimensão dos espelhos retrovisores que são enormes. É verdade, quando pretendemos contornar uma rotunda pequena os retrovisores exteriores dificultam bastante a visibilidade.


Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento

A versão cedida estava recheada de equipamento adicional de conforto e segurança, que incluía os pacotes Exclusive e Sport. O banco traseiro com regulação longitudinal (235 euros), controlo de amortecimento (1.265 euros) com uma suspensão ajustável nos modos Dynamic, Confort, Individual ou Automático, controlo dinâmico da direcção (1.400 euros), sistema de gestão multimédia MMI com botão de comando rotativo e sistema de navegação plus (2.810 euros), sistema de calhas para a bagageira (240 euros), jantes de 19 polegadas de cinco raios (685 euros quando o preço é combinado com o equipamento de série do Pacote Sport), tampa da bagageira com abertura e fecho eléctrico (565 euros), tecto de abrir panorâmico (1.550 euros), isto para destacar algum do equipamento adicional.


Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento

A bordo do Audi Q5 viajam confortavelmente cinco pessoas. O interior é requintado, a construção rigorosa e os materiais de boa qualidade. Na minha opinião a habitabilidade é muito acietável e a capacidade de carga da bagageira é de 540 litros.


Os preços variam entre os 51.905 euros da versão mais acessível - 2.0 TDI de 170 CV - e os 68.905 euros com o motor 3.0 V6 TDI 240 CV quattro S tronic.


O Audi Q5 que pode ver nas fotos é o 2.0 TDI Quattro S Tronic. Inicialmente custa 54.905 euros mas recebeu mais 15.889 euros de equipamento extra.


Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento
Ao volante de um dos SUV mais desejados do momento

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras