Nas Bancas

Miúdos: O Gato das Botas, Chuva de Cores, Babar e muito mais!

Cartaz de actividades para os mais pequenos.

Paulo Brilhante
21 de janeiro de 2010, 09:34

por escape.pt

TEATRO:
Chuva de Cores
A Ditirambus apresenta, no Teatro Ibérico, em Lisboa, esta história de amor para crianças dos quatro aos dez anos. "Chuva de Cores" é uma peça de romance e aventura, que retrata a história da família dos guarda-chuvas e das sombrinhas, em particular do amor da sombrinha Juliana pelo guarda-chuvinha Romão e do ódio existente entre o Sr. Guarda-chuva e D. Sombrinha, seus pais. Inspirada no clássico "Romeu e Julieta", de William Shakespeare, estão presentes nesta peça temas como o racismo, o preconceito, o ser diferente, a primeira paixão, o primeiro amor, a relação pais e filhos e ainda um estudo sobre as cores. Para ver até ao dia 27 de Março, aos sábados às 16h00. De segunda a sexta-feira, apenas para escolas e com marcação prévia. O preço varia entre os 5 e os 8 euros. Saiba mais sobre esta Chuva de Cores .

Dos Joelhos para Baixo
Esta peça nasce da constatação de que não é possível apagar algo sem deixar marcas. Márcia Lança, responsável pelo solo, explica que, depois de ter visto um desenho em que os traços foram apagados pela borracha, notou que era impossível apagar sem deixar marcas. Depois disso, passou um ano a desenhar e a interpretar várias experiências, das quais surgiram uma série de acções com homens e mulheres de papel, personagens expostas a sequências de acontecimentos que determinam o seu fim ou continuação na peça. Para ver dia 22 de Janeiro, às 10h30 e às 14h30, e 23, às 17h00. O preço é de 5 euros. Saiba mais sobre esta peça .

O Gato das Botas
Depois de ter adaptado e encenado "Capuchinho Vermelho" e "João e o Pé de Feijão", Fernando Gomes inspira-se no belo e fantasioso conto de Charles Perrault, para reescrever e encenar "O Gato das Botas". A história decorre numa aldeia de um reino imaginário, onde vive uma Moleira que possuía três bens - um Moinho, um Burro e um Gato -, os quais dividiu pelos seus três filhos. Ao mais novo calhou o Gato e, apesar de inicialmente ter ficado desanimado, acabou por perceber que ganhou um amigo leal e astuto. Em cena no Centro Cultural Malaposta, em Lisboa, até ao dia 31 de Janeiro. O valor da entrada é de 5 euros. Saiba mais sobre esta peça .

Pequena Fábrica de Pinguins
Num país distante e mágico, existe uma fábrica, na qual dois seres muito velhos, meio Homem, meio Anjo, trabalham em redor da primeira incubadora de ovo de pinguim, algo que requer muito cuidado e dedicação. Enquanto uns trabalham, outros pequenos operários vão surgindo, mostrando o seu dia-a-dia... Até que uma grande tempestade traz a bonança e é chegado o grande momento... o nascimento do pinguim. Em cena no Cinema Teatro Joaquim D'Almeida, no Montijo, dia 23 de Janeiro, às 16h30. O preço do bilhete é de 5 euros. Saiba mais sobre esta Pequena Fábrica de Pinguins .

ESPECTÁCULOS:
O Flautista
Um conto falado, dançado e contado pelos próprios bailarinos e pela participação especial de 10 meninas e meninos, entre os 5 e os 6 anos, de Ílhavo. Um bailado inspirado no famoso conto "O Flautista de Hamelin", dos irmãos Grimm, que pretende passar aos mais novos a noção de responsabilidade. Isto, claro, num ambiente de festa, de enorme movimento, cor e luz, onde não vão faltar os ratos e um rei ou rainha até... Em cena no Centro Cultural de Ílhavo, este domingo, dia 24, às 17h30. O preço da entrada é de 5 euros. Saiba mais sobre O Flautista .

Um Capucho, Dois Lobos e um Porco Vezes Três
Uma performance, na qual se analisam duas histórias e as suas personagens. Conclusão: o capuchinho viaja descaradamente de uma história para a outra, e os dois lobos se não são parentes são de certeza aparentados. E os porcos? Claramente trigémeos apatetados. Personagens que trocam de lugar, meninas que se fazem de indefesas, lobo que se faz de bestial e um porco que finge ser feliz no final da história. A não perder, no Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, dias 22 e 23 de Janeiro, às 10h00 e às 16h00, respectivamente. O preço é de 2 euros. Saiba mais sobre esta performance .

MÚSICA:
A História de Babar
Em forma de concertinhos, esta história, baseada no conto infantil de Brunhoff, fala de Babar, um pequeno elefante que parte da floresta e chega a uma cidade onde se começa a vestir como um homem. Quando regressa à sua terra natal, Babar é coroado Rei dos Elefantes. No palco do Teatro de Vila Real, a peça será interpretada ao piano por João Tiago Magalhães e narrada pelo actor Fernando Soares, com a ajuda de um jovem mimo. Para ver dias 26, 28 e 29 de Janeiro, às 10h30 e às 15h00. A entrada é gratuita, mediante marcação prévia. Saiba mais sobre est'A História de Babar .

Os sete pecados musicais
Baseado no conceito de que o que hoje é "pecado", amanhã é considerado uma inovação, até ser absolutamente aceite para finalmente cair de moda, esta oficina de exploração e improvisação musical desafia as regras e faz surgir coisas novas. Indicado para crianças dos 6 aos 9 anos, este "pecado musical" pode ser visto na sede da Fundação e Museu Calouste Gulbenkian, em Lisboa, nos dias 21, 22, 25, 26, 27, 28 e 29 de Janeiro, às 10h00. O preço é de 4 euros. Saiba mais sobre esta oficina .

WORKSHOPS:
Workshop para pais, avós e amigos...
Este sábado, dia 23, a Fábrica Ciência Viva de Aveiro, em parceria com a Escola de Educação Complementar de Matemática, promove um workshop que tem como intuito contribuir para o desenvolvimento harmonioso dos mais novos. Assim, num ambiente relaxado, será fomentada a curiosidade, a observação, a concentração e o gosto pela Matemática do quotidiano. A actividade está agendada para as 11h00, na Fábrica Ciência Viva de Aveiro, tem a duração de duas horas. A participação é de 5 euros. Saiba mais sobre este workshop .

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras