Nas Bancas

Miúdos: Fim-de-semana à conquista dos castelos de Portugal!

Leve os mais novos a conhecerem as histórias e as lendas dos nossos castelos!

Paulo Brilhante
15 de outubro de 2009, 13:53

Por escape.pt

Aproveite o bom tempo e vá com os seus filhos conhecer alguns dos mais emblemáticos castelos de Portugal. Um regresso ao passado, cheio de histórias e aventuras para um fim-de-semana que se quer divertido.

Situado numa pequena ilha escarpada, no curso médio do rio Tejo, o Castelo de Almourol é um dos monumentos militares medievais mais emblemáticos e cenográficos da Reconquista, sendo, simultaneamente, um dos que melhor evoca a memória dos Templários no nosso país. O castelo pode ser visitado todos os dias entre as 09h00 e as 17h00. As partidas, do Cais de Tancos são gratuitas, mas exige-se marcação prévia através dos telefones 962625678 ou 249720358

Construído num inselberg (monte-ilha), no extremo norte da Cova da Beira, o Castelo de Belmonte, é uma imponente construção em granito com cintura de grossos panos fortificados, mandada edificar por D. Sancho I entre os finais do século XII e os inícios do século XIII. As visitas que custam 1,5 euros podem ser feitas das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. A não perder o Caminho de Ronda e a Janela Manuelina.

Obra emblemática da arquitectura medieval portuguesa de tipo militar, o Castelo de Santa Maria da Feira é um dos nossos monumentos que melhor reflecte a diversidade de meios de defesa utilizados durante a Idade Média, tendo sido fundamental em todo o processo de Reconquista e de autonomia do Condado Portucalense. A entrada custa 3 euros, mas existe bilhete de família a 2 euros.

É uma das imagens de marca da cidade de Lisboa e a sua localização estratégica permite apreciar toda a beleza da capital, o rio Tejo e a Margem Sul. Pode visitar o Núcleo Museológico, a Câmara Escura - Torre de Ulisses e a Galeria do Castelo, nas antigas prisões. Tem ao seu dispor outros equipamentos como o restaurante Casa do Leão ou novo Lounge , bem como a loja Casa do Governador. Os bilhetes de entrada custam 5 euros (crianças até aos 10 anos não pagam, bem como os maiores de 65 anos) e o castelo pode ser visitado das 09h00 às 21h00. O serviço educativo organiza diversas actividades dedicadas aos mais novos.

Como estrutura de carácter militar, o castelo exerceu o seu papel de posto de vigia, de comunicação, de base de apoio em situações de guerra, de controlo do território entre Lisboa e o Sul, nomeadamente, entre os rios Tejo e Sado. Dentro das muralhas do Castelo encontra a Pousada Histórica de Palmela , situada no antigo convento, a Igreja de Santiago - monumento nacional, as ruínas da Igreja de Santa. Maria - a sacristia foi recuperada para albergar o Gabinete de Estudos da Ordem de Santiago, uma loja de artesanato e outra de produtos regionais. A entrada é livre.

Antigo castelo de provável fundação muçulmana, durante o séc. IX, no qual nunca se travou nenhuma batalha. De facto, tanto os ocupantes muçulmanos como cristãos rendiam-se invariavelmente após a conquista de Lisboa pelo lado oposto, apesar da aparente invulnerabilidade do Castelo. Visitas todos os dias das 10h00 às 18h00. O bilhete de adulto custa 5 euros, enquanto as crianças até aos 5 anos não pagam. Existem diversas actividades vocacionadas para as famílias, como o jogo À Conquista do Castelo .

Originalmente datado do século X, o castelo, propriamente dito, nasceu da construção ordenada por pelo Conde D. Henrique que escolheu Guimarães para estabelecer a sua corte. O novo castelo ganhou duas portas, a principal, a oeste, que vigiava o burgo, e a de leste, chamada da Traição. Destaca-se ainda a imponente Torre de Menagem. A entrada no castelo é gratuita, de segunda-feira a domingo, entre as 09h30 e as 17h00. Para visitar a Torre de Menagem é preciso pagar 1,5 euros. Crianças até aos 14 anos não pagam.

Implantado num dos pontos mais elevados da Serra de Ossa, o Castelo de Évora-Monte remonta ao século XII, altura em que a localidade foi conquistada aos mouros por Geraldo Sem Pavor. O castelo pode ser visitado entre as 10h00 e as 13h00 e entre as 14h00 e as 17h00. Nas manhãs de domingo e nos feriados, a entrada é gratuita. Nos restantes dias custa 1,5 euros.

E mais, sugestões!

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras