Nas Bancas

Ciclovias: Os melhores locais para dar ao pedal!

Conheça diversas ciclovias de Norte a Sul do país, dispense a preguiça e pedale por si!

Paulo Brilhante
6 de outubro de 2009, 16:35

É económico, não gasta gasolina, ajuda o ambiente, mantém-se em forma para o verão (que todos esperamos ansiosamente), ajuda a sua saúde, diverte-se, relaxa, esquece os problemas.

"Ah, mas em Portugal não existem sítios para andar de bicicleta". Errado.

Em Portugal temos várias ciclovias, ecovias e ecopistas onde pode passear-se de bicicleta, sozinho, com os amigos, com a família, com o seu/sua mais-que-tudo (alguns consideram-no romântico), com o seu cão ou acompanhado de um leitor de MP3.

Norte

Ecopista do Rio Minho: A via ecológica tem o seu percurso paralelo ao Rio Minho. Utilizando a antiga ligação ferroviária que unia as localidades minhotas de Monção e Valença.(13 km).

Percurso Cicloturismo de Guimarães: Fafe mais uma linha-férrea convertida em pista de cicloturismo, numa área sobretudo rural e quase sempre plana, atravessada em vários pontos por estradas principais e secundárias (15,3 km).

Ciclovia da Foz. (Porto): Sempre Junto à marginal marítima, seguindo pelo Rio Douro, da Rotunda do Castelo do Queijo até à Ribeira - Ponte Luís I. (8,5 km).

Ecopista do Corgo: Esta é mais uma Ecopista resultante do reaproveitamento da desactivação, em 1990, da Linha Ferroviária do Corgo, entre Vila Pouca de Aguiar e Pedras Salgadas, por isso, o seu grau de dificuldade é fácil e sem grandes declives. Inicia em Vila Pouca de Aguiar e passa pelas aldeias de Nuzedo, Sampaio e Vila Meã até chegar a Pedras Salgadas. (7km)

Ciclovia do Azibo: A Ciclovia da Albufeira do Azibo é, também, uma via de ligação entre a Praia da Ribeira e o Núcleo Central da Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo (PPAA) (15,559 km).


Centro

Ciclovia de Seia: A cidade de Seia possui uma Ciclovia de carácter urbano, com início na rotunda da entrada Norte da cidade e fim na Escola Superior de Turismo e Hotelaria. Esta Ciclovia desenvolve-se numa zona de planícies agrícolas, perto do rio Seia, onde será possível apreciar a encosta da Serra da Estrela. (1,024 km)

Troço de Paradela, ecopista de Sever do Vouga: A Ecopista de Sever do Vouga resulta da parceria entre o Município de Sever do Vouga e a Refer para a reabilitação da antiga Linha Ferroviária do Vouga (Sernada do Vouga - S. Pedro do Sul). (6,179 km)

Ecopista de Viseu: Esta Ecopista resulta da requalificação do antigo Ramal Ferroviário do Dão e liga o centro urbano de Viseu a Figueiró. (8km)

Rota das Lagoas, ciclovia de Mira: Esta é a "Rota das Lagoas" ou "Roteiro B". Outra das três Rotas que constituem a Ciclovia de Mira. Estende-se para Sul a partir da Praia de Mira em direcção às Lagoas de Mira, que dão o nome a esta Rota. (8 km)

Ciclovia do Cartaxo: A Ciclovia do Cartaxo estende-se ao longo da Alameda Norte, ligando o Estádio Municipal à EN 3. É um percurso linear, de baixa dificuldade e sem desníveis (2,27 km)

Lisboa e Vale do Tejo

Ecopista da Escola Agrícola da Paiã: A Ecopista está inserida na Escola Agrícola da Paiã e destina-se a Passeios pedestres e de bicicleta, permitindo ao utilizador trilhar caminhos que num efeito, quase mágico, nos fazem sentir parte integrante da paisagem que percorremos. (4km)

Ciclovia do Guincho: Construída há vários anos, esta é a mais antiga Ciclovia do Concelho com quase nove quilómetros de extensão. Entre a Marina de Cascais e a Praia do Guincho, estende-se sempre paralela ao mar, proporcionando um agradável passeio aos seus utilizadores. (8,64 km)

Ciclovia do Montijo: A Cidade do Montijo implementou um conjunto de vias cicláveis, inseridas na rede viária urbana, criando assim a Ciclovia do Montijo com uma extensão de cerca de sete quilómetros e meio. (7,516 km)

Ciclovia Trafaria-Caparica: O percurso ciclável Bicla Tejo, liga a Trafaria à Costa da Caparica e integra a Rede Ciclável de Almada, o projecto inclui 223 km subdivididos por 44 eixos cicláveis.


Alentejo

Percurso de Évora, Ecopista do Ramal de Mora: A Ecopista de Mora é o resultado de uma parceria entre a Refer e a Câmara Municipal de Évora para a reconversão do Ramal Ferroviário de Mora em percursos cicláveis e pedonais. (21km)

Percursos de Monfurado: Os Percursos Ambientais de Monfurado constituem um conjunto de variados caminhos públicos, rurais ou municipais, que interligam as povoações do Concelho. (88km)


Algarve

Via Algarviana: Com ligação entre Alcoutim e o Cabo de S. Vicente, com uma extensão de 240km, a Via Algarviana é, na sua maioria, instalada na Serra Algarvia.

Ciclovia de Silves: Esta Ciclovia é o resultado da mais uma intervenção do Programa Polis no Concelho de Silves. Com a criação do Parque Ribeirinho nas margens do Rio Arade, nasceu também uma via ciclável que contorna todo este Parque. (1,92km)

Ciclovia Urbana de Faro: Esta Ciclovia estende-se ao longo da Avª Aníbal Cruz Guerreiro e da Estrada do Moinho da Palmeira. Uma pequena extensão desta artéria e da Rua do Cais são em via única, ao contrário de todo o restante percurso que é sempre em duas vias paralelas separadas. (6,7 km)

Ciclovia da Circular Norte: Esta Ciclovia consiste numa Via para Bicicletas inserida numa das mais importantes artérias da Vila de São Brás de Alportel, a Circular Norte, ligando o Pavilhão Municipal à Escola Secundária. (2,2 km)

Saiba mais em Muito Bom!

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras