Nas Bancas

23 de julho de 2016

“Creio que teremos lá estado uns dez a 15 minutos antes de tudo acontecer. (...) Ficamos com a sensação de que foi um acaso.”

15 de julho de 2016

"O que mais retenho na minha mente e no meu coração é imaginar meninas e meninas que observei naquelas horas, tão felizes agora roubadas nas suas vidas de esperança"

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes