Nas Bancas

7 de novembro de 2018

O empresário foi preso por peculato, prevaricação e fraude na Administração Pública.

18 de junho de 2018

O marido da infanta Cristina de Espanha foi investigado no âmbito do caso Nóos e condenado a cinco anos e 10 meses de prisão.

18 de fevereiro de 2017

A irmã do rei de Espanha estava a ser julgada por cumplicidade dos crimes do marido, Iñaki Urdangarín, que foi condenado a uma pena de seis anos e três meses de prisão.

17 de fevereiro de 2017

Devido ao caso Nóos, Cristina caiu em desgraça, viu todo o seu mundo desabar e alguns membros da família, nomeadamente Felipe e Letizia, virarem-lhe as costas, mas preferiu perder o estatuto e os privilégios a abandonar Iñaki. E é pelo marido que agora pretende trocar a Suíça por Portugal: para estar mais perto de Espanha, onde ele vai estar preso.

29 de fevereiro de 2016

Por uma questão de salvaguardar a imagem da empresa, relacionado com o facto de a irmã do rei de Espanha estar a ser julgada por cumplicidade no caso Nóos.

27 de fevereiro de 2016

Cristina e Iñaki Urdangarín foram pela segunda vez a tribunal no âmbito do caso Nóos, que envolve acusações de desvio de dinheiros públicos, razão pela qual os sinais exteriores de riqueza exibidos pela irmã do rei – uma mala de mais de mil euros e um relógio que custa 2.100 euros – causaram polémica.

26 de fevereiro de 2016

O marido da infanta Cristina é um dos arguidos no processo e poderá enfrentar uma pena entre 19 e 26 anos de prisão por fraude fiscal e desvio de dinheiros públicos.

29 de janeiro de 2016

Por cumplicidade nos crimes fiscais cometidos pelo marido, Iñaki Urdangarín.

21 de dezembro de 2015

O caso começará a ser julgado no próximo dia 11 de janeiro no Tribunal de Palma de Maiorca.

17 de junho de 2015

Por 6,9 milhões de euros.

12 de junho de 2015

A infanta vai ser julgada por cumplicidade nos crimes de fraude fiscal cometidos pelo marido, Iñaki Urdangarín, entre 2003 e 2006.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes