Gonçalo Diniz faz visita a Portugal com a namorada, Juliana Shikama

O ator e a publicitária vieram a Portugal para ver a família de Gonçalo. Durante o Sevilhanas Dinner, o casal dançou muito e não se inibiu de trocar gestos de ternura.

11 Fevereiro 2012 às 14:00

Juliana Shikama e Gonçalo Diniz.jpg
Juliana Shikama e Gonçalo Diniz
Nuno Miguel Sousa
fullscreen

Gonçalo Diniz e a namorada, Juliana Shikama, conheceram-se no Brasil, apaixonaram-se e vivem uma relação feliz há cerca de dois anos no outro lado do oceano Atlântico. As saudades da família trouxeram o ator a Lisboa, e ele não dispensou a companhia da publicitária. “É uma maravilha voltar a casa. É bom estar com os amigos, com a família... Vim sobretudo pela minha mãe. Vamos ficar cerca de 15 dias. É pouco, mas já dá para matar saudades. Adoro estar no Brasil. A vida lá é ótima”, contou Gonçalo, que já tem sotaque brasileiro.

Durante o evento Sevilhanas Dinner, no restaurante Choupana Gordini, o casal não se inibiu de trocar gestos de ternura, fazendo pensar que este namoro é para durar: “Estamos bem. A Juliana é uma pessoa fantástica, uma superamiga, uma companheira... Estamos juntos em São Paulo e temos uma vida calma.”

Juliana também não poupou nos elogios ao companheiro: “Ele é uma pessoa encantadora. Somos muito amigos e sinceros um com o outro. E está sempre com bom ‘astral’. Entendo a vida do Gonçalo e ele entende a minha.” Apesar de se sentir totalmente realizado ao lado da namorada, ser pai ainda não faz parte dos seus planos: “Ainda não penso nisso, há muito para fazer antes de termos filhos. Acho que vamos esperar pelo menos mais dois anos.”

Palavras-chave do artigo
Gonçalo Diniz, Juliana Shikama, Portugal, Sevilhanas Dinner

Relacionados

Comentários
Atenção:
este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

 

ÚLTIMAS

Relacionados

Inquérito

Caso Nóos

Caso Nóos

Acha que a infanta Cristina está envolvida no caso Nóos, em que o marido, Iñaki Urdangarín, é acusado de fraude fiscal, branqueamento de capitais e desvio de fundos públicos?

EM DEBATE
no Momento
Share