Nas Bancas

Maria José Paschoal novamente eleita Melhor Atriz de Teatro no Coliseu dos Recreios

Pelo desempenho na peça O Palácio do Fim, de Judith Thompson.

Redação CARAS
18 de maio de 2014, 23:31

Cinco anos depois de ter recebido o seu primeiro Globo de Ouro na categoria de Melhor Atriz de Teatro, Maria José Paschoal volta a ver o seu trabalho reconhecido. Desta vez, a atriz foi premiada pelo desempenho na peça O Palácio do Fim, de Judith Thompson, e o troféu foi-lhe entregue por Inês Castel-Branco e César Mourão.
“Estou muito contente por estar aqui convosco. Obrigada pelos vossos aplausos meus senhores e minhas senhoras. Quero dedicar este troféu à minha mãe porque foi ela que me iniciou na arte e no teatro. Quero agradecer também ao meu pai obviamente, são os meu companheiros de vida”, afirmou a atriz antes de partilhar o prémio aos seus colegas de cena, António Filipe e Ana Lázaro.

Nascida na Horta, Açores, em 1956, Maria José Paschoal licenciou-se em Arquitetura pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. Frequentou também alguns cursos de Formação de Atores da Escola Superior de Teatro e Cinema do Conservatório Nacional de Lisboa.
A sua estreia como atriz aconteceu em 1981 e entre 1986 e 1993 esteve sempre em cena no Teatro da Graça, onde interpretou peças de Fassbinder, Tenesse Williams, Edward Bond, Albee, Turgueniev, Galine, Tchecov, Gorki, Strindberg. Passou também pelo Teatro Monumental, pelo Politeama, pelo Teatro da Malaposta, pelo Teatro da Trindade, pelo Teatro de Almada e pelo Teatro Nacional.
Em 2009 recebeu o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Teatro pela interpretação na peça Vieira da Silva par Elle Même, que esteve em cena em 2008, o ano que se comemorou o centenário da pintora Maria Helena Vieira da Silva.
No seu currículo conta ainda com muitas outras distinções, como o Prémio Garrett, o Prémio da Crítica, o Prémio Atlântida, o Sete d’Ouro, o Troféu Nova Gente, uma Menção Honrosa do Prémio Palmira Bastos e António Silva, atribuído pela Câmara Municipal de Lisboa, entre outros.
A televisão também tem sido uma parte importante da carreira da atriz, tendo participado em várias séries e novelas. Entre elas Ricardina e Marta (RTP), Amanhecer, Deixa-me Amar, A Outra, Deixa que te Leve e Mar de Paixão, todas da TVI.
Na mesma categoria estavam nomeadas Catarina Wallenstein (na peça A Estalajadeira), Maya Booth (na peça Actor Imperfeito) e Rita Ribeiro (na peça Gisberta).

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras