Nas Bancas

'Recordações de uma Revolução'

'Recordações de uma Revolução'

Divulgação

Melhor Peça/Espetáculo: ‘Recordações de Uma Revolução’

Com encenação de Mónica Calle e interpretação de Mário Fernandes, Mónica Calle e René Vidal.

Redação CARAS
15 de maio de 2012, 00:52

Recordações de Uma Revolução, que Mónica Calle dirigiu a partir de A Missão, escrita pelo dramaturgo alemão Heiner Müller em 1979, fala da escravatura do século XXI.
A encenadora é também protagonista, juntamente com Mário Fernandes e René Vidal, que a mesma conheceu no Estabelecimento Prisional de Vale de Judeus, em Sintra. Os dois estreantes nos palcos, que cumpriram pena até ao início de 2011, formam nesta peça, ao lado de Calle, um trio de revolucionários que, em plena Revolução Francesa, se dispõe a gritar ‘Liberdade, Igualdade e Fraternidade’ junto de escravos na Jamaica.
Para além da nomeação na categoria de Melhor Peça/Espetáculo, Mónica Calle está também indicada para o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Teatro.
A Lua de Maria Sem (encenada por Maria João Luís), A Varanda (encenada por Luís Miguel Cintra) e Vermelho (encenada por João Lourenço) são as outras peças nomeadas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras