Nas Bancas

Melhor Atriz Teatro: Elsa Galvão

A atriz, de 50 anos, está nomeada pelo seu trabalho na peça 'Fala da Criada de Noailles', escrita e encenada por Jorge Silva Melo.

Cláudia Alegria
10 de maio de 2011, 17:15

Iniciou-se como atriz em 1980 no projeto Teatro Emarginato. Oito anos mais tarde iniciou uma colaboração regular com Fernando Gomes (Maria Não Me Mates que Sou Tua Mãe, Como é Diferente o Amor em Portugal, Klassikus Kabaret, Amor Também de Perdição, Goodbye Século XX, Até as Coristas Falam, Uma Noite no Paraíso, O Gato das Notas, Os Três Mosqueteiros, A Vida Trágica de Carlota, Drakula.com, O Sangue, Vou Dar de Beber à Dor, O Corcunda de Notre Dame, A Ilha do Tesouro, Viva o Casamento, Divina Loucura).

Foi dirigida por outros encenadores, como João Mota (El Grande de Coca-Cola ou Guerras de Alecrim e Manjerona, de António José da Silva, A Pulga Atrás da Orelha, de Feydeau, A Senhora Klein, de Nicholas Wright), Adriano Luz (Um Certo Plume a partir de Michaux) Fernanda Lapa (Top Girls de Caryl Churchil, As Bacantes de Eurípedes), Graça Correia (Eleanor Marx, Câmara Ardente de Harold Pinter, Queima Isto de Lanford Wilson), Teresa Sobral (Elefantes no Jardim de Virgílio Almeida), Diogo Infante (Um Vestido para Cinco Mulheres de Alan Ball), João Lagarto (Por Favor Deixe Mensagem de Michael Frayn).

Atriz regular na televisão, onde participou em séries como Médico de Família (SIC, 1998), Super Pai (TVI, 2001), Jornalistas (RTP, 1999), Inspector Max (TVI, 2004), Conta-me Como Foi (RTP, 2007) e novelas como Ganância (SIC, 2000), Olhos de Água (TVI, 2001), Amanhecer (TVI, 2003), Queridas Feras (TVI, 2004), Floribella (SIC, 2007) e Mar de Paixão (TVI, 2010)

Estreou-se no cinema em O Miradouro da Lua (1993) de Jorge António, tendo sido dirigida por Luís Filipe Rocha em Camarate (2001), A Passagem da Noite (2003) e Até Amanhã Camaradas (2004).

Está nomeada pela sua interpretação na peça Fala da Criada dos Noailles.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras