Nas Bancas

_MG_8745.jpg

Ana Moura distinguida na XVIII Gala dos Globos de Ouro

O tema ‘Desfado’ venceu o galardão de Melhor Música.

Redação CARAS
20 de maio de 2013, 00:58

Desfado, o tema de apresentação do 5.º álbum de originais de Ana Moura, arrecadou este domingo o Globo de Ouro de Melhor Música. "É um prazer enorme estar aqui e ganhar este Globo", afirmou a fadista ao receber das mãos de Ana Rita Clara e Rui Unas. Ana Moura agradeceu aos compositores que participaram no álbum Desfado, aos produtores, aos músicos, à sua família e aos seus amigos.

“É um disco com uma sonoridade diferente. Para começar, foi produzido por Larry Klein, que é americano e tem uma linguagem muito mais ligada ao jazz. Tinha este desejo de fazer um disco um bocadinho diferente e que espelhasse o que têm sido os meus últimos anos de carreira, que foram muito marcados pelas minhas colaborações com músicos de outras áreas.” Foi desta forma que Ana Moura, de 33 anos, descreveu recentemente à CARAS o seu último trabalho, Desfado, que marca um momento de viragem na sua carreira. “Há quem diga que este disco já não é fado... Mas garanto que é interpretado por uma fadista!”, adiantou ainda Ana Moura.
Em Desfado, a fadista apostou em jovens compositores nacionais, como Márcia, Pedro da Silva Martins (Deolinda), Luísa Sobral, Miguel Araújo (Os Azeitonas) e António Zambujo, entre outros, mas também em nomes consagrados da música portuguesa, como Pedro Abrunhosa, Tozé Brito ou Manuela de Freitas.
Na corrida ao Globo de Ouro de melhor Música estavam também Os Maridos das Outras (do CD Cinco Dias e Meio, de Miguel Araújo), Scratch My Back (do CD Soul Notes, de Áurea) e That’s How We Roll (do CD Focused, de Richie Campbell).

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras