Nas Bancas

Paulo Bento distinguido com Globo de Ouro de Melhor Treinador

O selecionador nacional está entre os vencedores da XIX Gala dos Globos de Ouro.

18 de maio de 2014, 23:04

“Venho agradecer este prémio em nome de Paulo Bento. Ele quererá certamente partilhá-lo com todos os portugueses que apoiam Portugal no apuramento e no Mundial do Brasil”, afirmou João Camacho, da Gestifute, ao receber o Globo de Ouro de Melhor Treinador em nome do selecionador nacional.

Paulo Jorge Gomes Bento nasceu a 20 de junho de 1969. O seu percurso no mundo do futebol começou nas escolas do Palmelense, seguindo a carreira profissional no Benfica. O médio defensivo passou também pelo Estrela da Amadora, Vitória de Guimarães, Sport Lisboa e Benfica, Real Oviedo e, finalmente, o Sporting.
Estreou-se pela Seleção Nacional a 15 de janeiro de 1992, num jogo contra a Espanha, e defendeu a camisola da equipa das Quinas 35 vezes. A 14 de junho de 2002, depois da derrota frente à Coreia do Sul que custou a Portugal o afastamento do Campeonato do Mundo de 2002, Paulo Bento despediu-se da sua carreira internacional.
Dois anos depois, com 34 anos e quando estava a jogar no Sporting, anunciou que a sua carreira como profissional tinha chegado ao fim. Manteve-se na equipa de Alvalade, como treinador da equipa júnior e conquistou o Campeonato Nacional de Juniores nesse ano.
Em 2006, foi chamado a treinar a equipa sénior do Sporting depois de uma saída repentina de José Peseiro, devido à má prestação da equipa. Nas quatro épocas em que liderou ‘os leões’ conquistou quatro segundos lugares consecutivos, sempre atrás do FC Porto, duas Taças de Portugal e duas Supertaças Cândido de Oliveira.
Demitiu-se do cargo de treinador do Sporting a 6 de novembro de 2009 e a 21 de setembro do ano seguinte abraçou um novo desafio: aceitou comandar a Seleção Nacional, sucedendo a Carlos Queiroz. O contrato deveria terminar em 2012, mas os resultados apresentados fizeram com que a Federação Portuguesa de Futebol continuasse a apostar em Paulo Bento. A equipa das Quinas apurou-se para o Euro 2012, tendo perdido na final para a Espanha, por 4-2, nas grandes penalidades.
Em 2013, a equipa comandada por Paulo Bento voltou a conquistar um lugar numa grande competição, o Mundial do Brasil, que se disputa entre 12 de junho e 13 de julho. Portugal está no Grupo G com a Alemanha, o Gana e os Estados Unidos.
Já este ano, a 9 de abril, a Federação Portuguesa de Futebol reiterou a confiança no selecionador nacional, prolongando o seu contrato até 2016.
Paul Bento já tinha estado na corrida ao Globo de Ouro de Melhor Treinador em 2013, mas perdeu para José Mourinho. Este ano estava nomeado juntamente com Luís Sénica (hóquei em patins), Vítor Pereira (futebol) e novamente José Mourinho (futebol).

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras