Nas Bancas

_MG_8693.jpg

Nuno Lopes distinguido pelo trabalho no filme ‘Linhas de Wellington’

O ator recebeu o Globo de Ouro de Melhor Ator de Cinema das mãos de Maria João Luís e Rogério Samora.

Redação CARAS
19 de maio de 2013, 22:25

É caso para dizer que não há duas sem três. Depois de ter sido premiado com um Globo de Ouro em 2006, pelo filme Alice, e outro em 2009, por Goodnight Irene, Nuno Lopes voltou a subir ao palco do Coliseu dos Recreios para receber um galardão na Gala do Ano, desta feita pelo filme Linhas de Wellington, de Valeria Sarmiento.
Fortemente aplaudido por todos os presentes, o ator agradeceu ao júri, à CARAS, à SIC, à equipa técnica e aos colegas. “Pela pequena parte que me toca, gostava de poder dedicá-lo também à minha família, aos meus pais, à minha namorada e também aos meus agentes que ao longo dos anos me ajudaram a transformar num melhor ator, mas também numa melhor pessoa”, acrescentou ainda Nuno Lopes, antes de recordar o realizador chileno Raúl Ruiz, que idealizou o filme, mas não conseguiu filmá-lo antes da sua morte. O ator enalteceu a coragem de Valeria Sarmiento, mulher do realizador, que dirigiu o filme “de forma serena, numa fase em que não era fácil estar serena”.

Nuno Lopes, de 35 anos, formou-se na Escola Superior de Teatro e Cinema, e a sua vasta experiência no teatro foi construída com representações de textos de autores de renome como Bertold BrechtWilliam Shakespeare e August Strindberg. Entre as peças que fez destacam-se Um Homem é um HomemMorte de Romeu e JulietaCimbelinoO Casamento de FígaroUm Sonho e O Lírio.
Em cinema participou no filme Alice, de Marco Martins, - tendo arrecadado o Globo de Ouro para Melhor Ator de Cinema, em 2006 -, Quaresma e Peixe Lua de José Álvaro Morais e António, Um Rapaz de Lisboa de Jorge Silva Melo.
O seu desempenho em Goodnight Irene, de Paolo Marinou-Blanco, valeu-lhe um novo Globo de Ouro em 2009.
Em televisão, participou em novelas, séries e programas, como Herman SICFúria de ViverParaíso FilmesCrianças S.O.S.Ajustes de ContasDiário de Maria, entre outros. Trabalhou também no Brasil, tendo integrado o elenco da novela da TV Globo, Esperança.
Após uma interrupção de seis anos, regressou em 2008 à televisão com Os Contemporâneos e, dois anos depois, integrou o elenco de Noite Sangrenta e Pai à Força.
Em 2012 voltou a ser nomeado para os Globos de Ouro pela sua participação em Sangue do Meu Sangue, de João Canijo mas perdeu o galardão para Nuno Melo.
Este ano, Nuno Lopes com concorria ao prémio de Melhor Ator de Cinema com Carlos Santos (pelo desempenho no filme Operação de Outono), Carloto Cotta (por Tabu) e Rui Morrison (Câmara Lenta).
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras