Nas Bancas

IMG_6998.JPG

Nuno Melo eleito Melhor Ator de Cinema

O ator estava nomeado pelo seu papel em 'O Barão', de Edgar Pêra.

Redação CARAS
20 de maio de 2012, 22:22

Nuno Melo subiu ao palco do Coliseu dos Recreios para receber o prémio de Melhor Ator de Cinema, que lhe foi entregue por Custódia Gallego e João Ricardo. "Sinto-me muito orgulhoso por receber este prémio", disse o ator antes afirmar que fazia questão de partilhar o prémio com os colegas nomeados, Fernando Luís, Nuno Lopes e Rafael Morais. Agradeceu ainda aos colegas no filme, à equipa de produção e "acima de tudo ao mestre, ao génio Edgar Pêra".

Nuno Melo nasceu em Castelo Branco, a 8 de fevereiro de 1960. A sua carreira começou em 1981, no Teatro de Animação de Setúbal, mas tem tido maior destaque junto do grande público pelo seu desempenho em televisão.
Estreou-se com um pequeno papel na telenovela Vila Faia, em 1982 e participou em Chuva na Areia, em 1984. Três anos depois trabalhou com Herman José no programa Casino Royal e mais tarde entrou na série Alentejo Sem Lei e no programa Crime da Pensão Estrelinha.
Destacam-se ainda as séries de humor Camilo e Filho, os Malucos do Riso, e o Clube dos Campeões.
Em 2004 e 2005 trabalhou na telenovela brasileira Senhora do Destino e depois na telenovela da SIC Vingança. Seguiram-se Resistirei, Equador, Flor do Mar e a participação numa das séries de Morangos com Açúcar.
Em teatro fez O Beijo da Mulher Aranha e Sonho de Uma Noite de Verão, ambos no Teatro Nacional D. Maria II, A Hora em que Não Sabíamos Nada Uns dos Outros, Frei Luís de Sousa, A Colecção, Há Tanto Tempo, entre outras peças.
No cinema participou em A Divina Comédia, de João César Monteiro, Dia do Desespero, de Manoel de Oliveira, O Crime do Padre Amaro, de Carlos Coelho da Silva, entre outros.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras