Nas Bancas

Mistérios de Lisboa

Mistérios de Lisboa

D.R.

'Mistérios de Lisboa' é o grande vencedor da XVI Gala dos Globos de Ouro na categoria de cinema

O filme realizado por Raúl Ruíz foi eleito o melhor de 2010 e Maria João Bastos e Adriano Luz foram distinguidos com os prémios de Melhor Atriz e Melhor Ator, respectivamente.

Redação CARAS
29 de maio de 2011, 11:01

A entrega dos prémios de cinema na XVI Gala dos Globos de Ouro já tem um grande vencedor: Mistérios de Lisboa. Depois dos prémios de Melhor Ator e Melhor Atriz, atribuídos a Adriano Luz e Maria João Bastos, respetivamente, a película realizada por Raúl Ruiz, foi também distinguida com o galardão de Melhor Filme, entregue por Júlia Pinheiro e Rogério Samora. Quem subiu ao palco para receber o galardão foi o produtor do filme, Paulo Branco, que agradeceu a todo elenco e equipa técnica.
Mistérios de Lisboa, realizado pelo chileno Raúl Ruiz, baseia-se na obra homónima de Camilo Castelo Branco. Durante mais de quatro horas, o espetador assiste ao desenrolar de aventuras e desventuras, tragédias e amores impossíveis, intrigas e vinganças numa viagem por Portugal, França, Itália e Brasil. Com um elenco que conta com nomes como Maria João Bastos, Adriano Luz, Ricardo Pereira, Joana de Verona, este filme destacou-se no circuito internacional, em especial no Festival Internacional de Cinema de San Sebastián, onde Raúl Ruiz ganhou a Concha de Prata de Melhor Realizador. Mistérios de Lisboa estreou nas salas de cinema portuguesas em outubro e deu origem a uma série transmitida pela RTP.
Na mesma categoria estavam também nomeados A Bela e o Paparazzo, de António-Pedro Vasconcelos, Como Desenhar um Círculo Perfeito, de Marco Martins, e Filme do Desassossego, de João Botelho.
 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras