Nas Bancas

O Globo de Ouro de Melhor Atriz de Teatro foi atribuído a Rita Cabaço

Vence esta categoria com a peça Estupidez de Rafael Spregelburd.

CARAS
20 de maio de 2018, 23:11

Rita Cabaço recebeu o globo de ouro para Melhor Atriz de Teatro pelas mãos dos atores dos atores Sara Matos e João Jesus.

Ausente na gala, a atriz fez-se representar com um texto de agradecimento onde agradece a todos aqueles com quem trabalha e, em especial, ao público que assistiu à peça com a qual foi distinguida, sendo essa uma forma clara de "reconhecimento pelos trabalho" enquanto atriz.

Aproveitando a oportunidade, lembrou a importância da cultura na vida de todos, apesar das críticas ao baixo investimento. "Tudo é cutura ou falta dela", lembra a jovem.

Rita Cabaço frequentou a licenciatura em Teatro da ESTC bem como o curso de Interpretação da Escola Profissional de Cascais sob a direção de Carlos Avilez. Estreou-se do ponto de vista profissional no Teatro Experimentaql de Cascais (TEC) com As Bruxas de Salém de Arthur Miller, em 2010. Seguiram-se, igualmente sob a direção de Avilez, O comboio da madrugada de Tenessee Williams, Roberto Zucco de Koltés e Arsénico e Rendas Velhas de Kesselring.

Em 2013 participou em O campeão do mundo ocidental com encenação de Jorge Silva Melo e Punk Rock de Pedro Carraca em 2014.

Vence esta categoria com a peça Estupidez de Rafael Spregelburd e que conta com a encenação de João Pedro Mamede. De acordo com os Artistas Unidos, que levaram a adaptação da obra a palco, trata-se de "uma farsa trágica, um carrossel vertiginoso de situações triviais e ficcionadas, uma paródia aos dias das nossas televisões, um carnaval terrível".

Veja a cobertura completa e as imagens exclusivas na edição desta semana da CARAS.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras