Nas Bancas

Globos de Ouro: Comissão de Notáveis já começou a eleger os seus preferidos

O auditório do Edifício São Francisco de Sales, onde funciona a redação da CARAS, acolheu o primeiro encontro da Comissão de Notáveis que sugere os candidatos aos Globos de Ouro.

Redação CARAS
11 de abril de 2014, 19:00

É o primeiro passo visível para a concretização de mais uma edição dos Globos de Ouro: a reunião da Comissão de Notáveis, responsável pela sugestão dos nomeados de cada categoria. Como habitualmente, serão atribuídos prémios nas áreas de Cinema, Desporto, Moda, Música e Teatro. É precisamente destes campos profissionais que vêm os elementos que constituem a Comissão. Há atores, músicos, realizado­res, críticos e comentadores, antigos manequins, responsáveis por agências de modelos ou por editoras de música, produtores de eventos e autores de áreas diversas. Um conjunto de especialistas que avaliam o trabalho dos seus pares, de modo a destacar os mais merecedores. Este ano, há algumas novidades nesta Comissão: Paulo Junqueiro, diretor geral da Sony Music Portugal e Paulo Ventura, diretor geral da Metrónomo, convidados para integrar o painel na área de Música; Alexandra Macedo, diretora da Best Models, que entrou para o júri da Moda; João Querido Manha, diretor do jornal Record, José Manuel Ribeiro, diretor do jornal O Jogo, e José Manuel Constantino, presidente do Comité Olímpico, todos na categoria de Desporto; Cristina Margato e Gabriela Lourenço, jornalistas, respetiva­mente, do semanário Expresso e da revista Visão, para o grupo que avalia o Teatro. “Um prémio é sempre muito importante, porque é o culminar de um ano de trabalho. Ainda mais este prémio, que é conhecidíssimo. Acho que é uma recompensa”, avaliou Paulo Junqueiro. “2013 foi um bom ano para a moda”, sublinhou Alexandra Macedo, deixando perceber que considera que há muitas possibilidades por onde indicar os candidatos aos Globos deste ano. Opinião semelhante tem José Manuel Constantino: “O ano passado houve um conjunto de resultados significativos, designadamente no contexto internacional. Creio que a votação final vai re­gistar essa qualidade.”
Está então dado o primeiro passo no processo de atribuição de prémios que culminará na grande gala do dia 18 de maio, novamente agendada para o Coliseu dos Recreios. “Um dos eventos nacionais mais importantes do ano, senão o mais importante”, como o descreveu, com entusiasmo, a diretora da CARAS, Fernanda Dias, na apresentação que fez para esta reunião, e na qual adiantou pormenores sobre a gala, nomea­damente o facto de Bárbara Guimarães voltar a ser a anfitriã da transmissão em direto.
Também Guilherme Simões, subdiretor de produção da SIC, participou nesta apresentação, na qual se mostrou satisfeito com o sucesso que os Globos têm tido, relembrando que a gala de 2013, que assinalou os 18 anos desta iniciativa conjunta da CARAS e da SIC, “honrou esse marco a que o cliché chama maioridade” e congratulou-se com o facto de haver caras novas na Comissão: “É bom ter sangue novo e a quantidade de pessoas que integram este grupo e que estão aqui hoje, nesta reunião, é também uma prova da vitalidade dos Globos de Ouro.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras