Nas Bancas

Luís Borges está a mudar de vida pelos três filhos

Empenhado em reajustar a vida profissional às rotinas de Bernardo, de nove anos, Lurdes, de sete, e Eduardo, de quatro, o manequim afirma que eles agora são a sua grande prioridade.

Ana Ribeiro Mendes
9 de novembro de 2019, 14:00

Luís Borges marcou presença no Portugal Fashion para se estrear na apresentação do evento de moda para a TVI, garantindo que o seu foco agora são os três filhos.

“Continuo a fazer moda, mas decidi com o meu agente agora fazer apenas trabalhos que façam sentido. Sou manequim há dez anos e passamos muito tempo a viajar. Quero passar mais tempo com os meus filhos e em Portugal”, explicou o manequim.

Com a morte de Eduardo Beauté, os três filhos do casal, Bernardo, de nove anos, Lurdes, de sete, e Eduardo, de quatro, ficaram ao cuidado do manequim, que os considera a sua prioridade. “Cresci numa casa com quatro irmãos e os meus pais sempre conseguiram gerir tudo muito bem. Nada é impossível”, referiu.

Luís Borges assume que sempre quis ter filhos e que quando se casou achou que era a hora certa para adotar. “Também fui adotado e acho que todas as pessoas, se tivessem possibilidade, deveriam adotar uma criança. Os meus filhos eram três crianças que não tinham amor e que precisavam de o ter, tal como precisavam de melhores condições de vida.” Assumindo-se um pai muito protetor, explicou que os filhos são crianças muito diferentes e que lida com eles de forma cuidadosa.

“O Bernardo dá mais trabalho por ter trissomia 21, pois requer uma atenção especial, mas o mais ‘torcido’ é o Edu. Vai fazer cinco anos e está naquela fase em que acha que pode fazer tudo à maneira dele, mas comigo não tem essa sorte. [Risos.] Tudo tem a ver com a educação de base e eles são muito bem-educados”, concluiu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras