Nas Bancas

José de Guimarães dá a “volta ao mundo” e chega à Biblioteca Nacional

A retrospetiva da obra gráfica do artista plástico José de Guimarães pode ser visitada na Biblioteca Nacional até 31 de março de 2020.

Marta Mesquita
9 de novembro de 2019, 11:00

A poucas semanas de completar 80 anos, José de Guimarães inaugurou na Biblioteca Nacional, em Lisboa, a exposição Volta ao Mundo, onde se faz uma retrospetiva da sua obra gráfica. Constituído por quatro salas, o espaço expositivo convida os visitantes a fazerem uma viagem que tem como guia as cerca de 170 gravuras que se podem apreciar.

“Isto é um resumo da obra gráfica que ofereci à Biblioteca Nacional. Pedi a um arquiteto para me ajudar a montar esta exposição, que foi adaptada a este espaço. As obras não estão expostas cronologicamente, por isso pode fazer-se esta viagem de uma forma aleatória. Não tem uma direção definida. Antigamente, era nas bibliotecas que se guardavam as gravuras. Portanto, é uma questão de tradição. Esta iniciativa pode servir de exemplo para os outros artistas”, explicou José de Guimarães à CARAS.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras