Nas Bancas

Luís Figo Helene Svedin-3815.jpg

João Lima

Helene Svedin e Luís Figo “Mantemos a nossa paixão sempre acesa, tanto no trabalho como na relação”

Em Madrid, a modelo sueca, de 45 anos, e o ex-futebolista, de 46, revelam os segredos de um casamento feliz.

Joana Carreira
8 de novembro de 2019, 15:58

A manhã estava fria e chuvosa em Madrid. E na Taberna Los Gallos, espaço bem no centro da capital espanhola escolhido para a apresentação da nova campanha outono/inverno 2020 da Cortefiel, intitulada “Tem algo especial” – em que Luís Figo e a mulher, Helene Svedin, são protagonistas –, aglomeravam-se dezenas de jornalistas, tanto espanhóis como portugueses, entusiasmados por ver chegar o ex-futebolista português, de 46 anos, e a modelo sueca, de 45, cuja história de amor de mais de duas décadas passou também para a moda.

Sorridentes e bem-dispostos, os dois cumprimentaram os presentes na sala e, já depois das dezenas de disparos fotográficos, contaram como foi a experiência de fazerem a primeira grande campanha publicitária em conjunto em 20 anos. “Fizemos algumas campanhas em Itália, mas é a primeira desta dimensão. Fizemo-lo pelos valores da marca, pela sua história e pela ligação que tem com Portugal e Espanha. Decidimos aceitar o desafio porque achámos que era uma coisa boa para a nossa imagem”, justificou o antigo jogador, que atualmente desempenha o cargo de conselheiro para o futebol na UEFA. Durante a conversa com a imprensa, houve espaço para elogios mútuos e ainda para falar sobre o casamento de 18 anos e das três filhas, Daniela, de 20 – há três anos a estudar Biomedicina em Inglaterra –, Martina, de 17, e Stella, de 14.

Mostram grande cumplicidade na campanha. Foi fácil transmiti-la para as câmaras?
Luís Figo – Sim, o ambiente que foi criado tornou isso possível.

– Estão juntos há mais de duas décadas. Como se definem enquanto casal?
Helene Svedin
– O meu marido é muito carinhoso e protetor da sua família. Podia estar aqui todo o dia a elogiá-lo! [Risos.]

Luís – Sou um homem muito feliz por poder partilhar a minha vida com a minha mulher, que está sempre ao meu lado e sempre demonstrou apoio nos meus projetos profissionais. Deu-me três filhas maravilhosas e o equilíbrio necessário para poder desenvolver a minha carreira, muitas vezes sacrificando a dela. Além disso, como toda a gente sabe, é uma mulher elegante, sensível, bonita e boa pessoa, que é o mais importante para mim. Conseguiu passar essa educação às nossas filhas, o que é fundamental. É isso que, dia após dia, me faz feliz ao lado dela.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras