Nas Bancas

_RCS6062.jpg

RICARDO SANTOS

Matilde Breyner: “A maternidade virá, com toda a certeza, mas não tão cedo”

A pouco tempo de se casar com o ator Tiago Felizardo, a atriz assume que os filhos fazem parte dos planos a dois.

Andreia Cardinali
1 de setembro de 2019, 08:55

A menos de dois meses do seu casamento com o ator Tiago Felizardo, de 29 anos, Matilde Breyner, de 35, já tem tudo preparado. “Está tudo organizado, só falta chegar o dia”, disse a atriz à CARAS durante uma estada no Anantara Vilamoura Algarve Resort.
Tranquila com a fase que se aproxima, Matilde assume que não poderá viver mais tempo longe do futuro marido, que mora em Los Angeles, e que ambos terão de se adaptar da melhor forma às constantes pontes aéreas, que daqui para a frente serão feitas sempre a dois, ao contrário do que tem acontecido até agora. E a maternidade será um passo a dar, mas não ainda, conforme nos confidenciou numa conversa em que, como sempre, a sua simpatia e sorriso sincero se destacaram.

– Há duas semanas teve a sua despedida de solteira...

Matilde Breyner – Que as minhas amigas fizeram questão de partilhar com o mundo através das redes sociais. [Risos.] Não escondo nada, mas estava numa de fazer uma coisa discreta. [Risos.] Não queria despedida nenhuma de solteira, não faz o meu género, não gosto de coisas clichés nem de tradições, mas foi muito divertido e no fim valeu a pena. Ainda bem que a minha irmã organizou tudo, porque saí de lá de coração cheio.

– Falta menos de dois meses e já está tudo preparado...

– Sim, eu sou muito organizada e nada complicada. Foi muito fácil de decidir. O Tiago acompanhou tudo mesmo à distância, e, como falamos os dois a mesma linguagem, descomplicamos imenso. Foi muito tranquilo e tudo tratado a dois.

– Sempre disse que não queria um casamento tradicional, mas há coisas de que as famílias dos noivos não prescindem...

– É verdade, e queremos que as nossas famílias façam parte do dia também. Não impusemos nada aos meus pais ou aos pais do Tiago, eles também têm uma palavra a dizer e só assim faz sentido. O casamento é uma festa de família, não apenas minha e do Tiago. Apesar de não ir ser um casamento igual aos outros, a parte tradicional da família vai existir.

Uma entrevista para ler na íntegra na edição 1252 da revista CARAS.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras