Nas Bancas

Dina-Fe´lix-da-Costa-Produc.jpg

Ricardo Santos

Dina Félix da Costa separada de Miguel Melo: “O meu coração está bem”

Aos 38 anos, a atriz assume-se uma mulher irreverente e sem preocupações com o avançar da idade.

Joana Carreira
10 de julho de 2019, 10:19

Dina Félix da Costa tem 38 anos e uma já longa carreira na representação. O público conhece-a principalmente pelas produções televisivas em que participou, como, por exemplo, Anjo Selvagem, onde se estreou, ou mais recentemente Valor da Vida, onde interpretou Jamilah. E é de facto como atriz que Dina diz sentir-se verdadeiramente plena.
A preparar o seu novo projeto profissional, a série Amar depois de Amar, da TVI, a atriz assume-se uma mulher irreverente e com os pés bem assentes na terra, que age consoante o bem-estar e a felicidade dos dois filhos, Sofia, de 14 anos, e Xavier, de dez. Do passado faz parte o ator Miguel Melo, de 52 anos, com quem Dina manteve um relacionamento de vários anos e de quem se separou há um ano.

– Tem uma carreira de quase 20 anos. Sente-se realizada com o caminho que percorreu até aqui?

Dina Félix da Costa – Muito! Tive muita sorte com a forma como a minha carreira começou. Foi importante ser de forma gradual, subir degrau a degrau, percebendo como as coisas funcionavam em televisão, para me poder sentir confortável. As personagens que tive também ajudaram.

– Para estas fotos adotou um lado mais rebelde. Considera-se uma mulher irreverente? E acha-se sensual?

– Acho que tenho um bocadinho de tudo e adorei fazer esta sessão fotográfica. Sinto-me bem com o meu corpo e gosto do que vejo ao espelho. Há alguns anos, comecei a representar algumas personagens diferentes de tudo aquilo que tinha feito, que tinham muito esse lado sensual, e pelos vistos correu bem. E desde então tenho explorado esse lado, ao qual antes não dava grande importância. Mas sou eu própria. As personagens têm essa parte boa, mostram-nos lados desconhecidos e potenciam essas características.

– A aprendizagem é uma das nossas melhores ferramentas?
– Isso sim, é uma arma! É das melhores coisas em que podemos investir. Para mim está sempre presente, o que me deixa mais realizada, confiante e serena.

[...]

Como está a sua vida amorosa?
– Eu e o Miguel [Melo] já não estamos juntos há um ano, cada um seguiu com a sua vida. Mas continuamos superamigos. O meu coração está bem. Estou numa fase muito feliz da minha vida. Sou uma mulher madura, estou muito realizada profissionalmente. Estou muito grata por ter chegado a este idade com tudo o que tenho.

– Está perto dos 40 anos. Não a assusta o avançar da idade?
– A idade vai-me trazendo mais serenidade e sabedoria. Não me assusta nada. Uma vez li uma frase da Rosa Lobato de Faria que nunca mais esqueci, tal foi a forma como me tocou: “Mobila a tua velhice, para quando chegares lá não teres uma casa vazia.” Esse é o meu lema. Não é só uma questão estética, também tem a ver com o bem-estar físico e psicológico. Claro que a alimentação regrada e o exercício físico são essenciais para podermos estar mais bem preparados para os desafios. Uma coisa leva a outra, daí só tirarmos gratificações.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras