Nas Bancas

António Guterres é o primeiro português a receber o Prémio Carlos Magno

O galardão é entregue a pessoas que tenham contribuído para a unidade do continente europeu.

CARAS
31 de maio de 2019, 11:02

António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, é o vencedor do Prémio Carlos Magno, uma distinção que, desde 1950, é entregue a pessoas que tenham contribuído para a unidade do continente europeu.

A cerimónia da entrega do prémio aconteceu esta quinta-feira, em Aachen, na Alemanha.

Marcelo Rebelo de Sousa já felicitou o ex-primeiro-ministro, o primeiro português a alcançar este galardão.

Numa nota divulgada na página da Presidência, o Chefe de Estado enalteceu as "qualidades únicas" do secretário-geral e a "inteligência superior, com a brilhante capacidade de antevisão e equação dos desafios e soluções a nível global".

"Pelo modo ímpar como cria e fomenta o dialogo, constrói pontes, fomenta a Paz e aproxima as pessoas", António Guterres "é um exemplo e uma demonstração do que Portugal tem de melhor", pode ler-se ainda, na mesma nota.

Na cerimónia estiveram presentes, entre outros, o primeiro-ministro António Costa e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

O prémio tem um valor simbólico de cinco mil euros.

Recorde-se que António Guterres iniciou funções como secretário-geral das Nações Unidas a 1 de janeiro de 2017.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras