Nas Bancas

Morreu Niki Lauda, ex-piloto de Fórmula 1

Tinha 70 anos e foi submetido a uma cirurgia pulmonar no verão passado.

CARAS
21 de maio de 2019, 12:03

Niki Lauda, o antigo piloto de austríaco de Fórmula 1, morreu esta segunda-feira aos 70 anos.

O anúncio foi feito pela família do campeão mundial da modalidade, que venceu o troféu por três vezes, em 1975, 1977 e 1984. “É com enorme tristeza que anunciamos que o nosso querido Niki morreu em paz, rodeado pela sua família, esta segunda-feira”, refere o comunicado dado pela família.

Lauda tinha sido submetido a um transplante pulmonar no verão passado e esteve várias semanas internado no hospital no início deste ano, devido a uma pneumonia.

Recorde-se que o ex-piloto, que começou a carreira na Ferrari, ganhou 25 das 171 corridas em que participou e era, desde 2012, presidente não executivo da Mercedes.

Durante a sua carreira passou por um momento complicado ao ter ficado preso dentro do seu carro, que se incendiou. Quando foi retirado dos destroços, e depois de sofrer várias queimaduras, não se sabia se iria sobreviver nem se poderia alguma vez retornar às pistas. No entanto, seis semanas após o acidente, regressou para participar no Grande Prémio de Monza, em Itália, ainda com dores causadas pela cirúrgia a que tinha sido submetido. Terminou num honroso quatro lugar.

A Fórmula 1 utilizou o Twitter para manifestar pesar pela morte do ex-piloto. "Para sempre nos nossos corações e imortalizado na nossa história. A comunidade de automobilismo lamenta hoje a perda devastadora de uma verdadeira lenda.", pode ler-se.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras