Nas Bancas

Carolina Carvalho-1931.jpg

João Lima

Carolina Carvalho: “Não sinto pressão por ser a namorada do David Carreira”

A atriz falou da fase feliz que vive ao lado do cantor, revelando ainda os sonhos profissionais que quer realizar.

Marta Mesquita
13 de maio de 2019, 10:46

Mais velha de sete irmãos, Carolina Carvalho, de 24 anos, cedo assumiu o leme da sua vida. Focada e trabalhadora, conseguiu provar aos pais que ser atriz não era um devaneio ou um desejo vão. E, degrau a degrau, tem conquistado o seu lugar no competitivo mundo da televisão, integrando atualmente o elenco da nova série da SIC Golpe de Sorte.
Longe dos ecrãs, Carolina garante que é uma “mulher normal”, sem tiques de vedetismo. E foi essa autenticidade que conquistou David Carreira, com quem namora há cerca de um ano. Apesar de estar muito feliz ao lado do cantor, a atriz não deixa que as amarras emocionais lhe prendam os sonhos. Assim, é com os olhos a brilhar que partilha o seu objetivo de ter uma carreira internacional e de ir, a médio prazo, trabalhar no Brasil.

– Nesta sessão fotográfica esteve sempre a sorrir. É difícil vê-la triste?

Carolina Carvalho – Estou sempre a sorrir. Mesmo quando o dia não está a correr assim tão bem, sinto que ao sorrir as coisas tendem a resolver-se. Sou uma pessoa muito positiva e nunca fico agarrada às dificuldades. Sempre que algo menos positivo acontece, penso: “Poderia ser pior.”

– Quando se tem seis irmãos, não há tempo para comiserações?

– Sim, o facto de ter muitos irmãos e de ser a mais velha faz-me relativizar muito o que acontece. Aprendi a ver e a valorizar a perspetiva do outro. Além do mais, nunca me esqueço de que sou um exemplo para os meus irmãos.

– E o que destaca na sua educação?

– Os meus pais são muito focados e eu também. Sou feliz com aquilo que tenho, festejo cada conquista, mas nunca me esqueço de que há sempre mais para alcançar.

– É ambiciosa?

– Sou muito ambiciosa. Há quatro anos, sonhava estar onde atualmente estou. E consegui. Agora, já me imagino a alcançar outros patamares. Sou uma pessoa insaciável, o que me obriga a ser muito exigente comigo mesma. O meu objetivo é ter uma carreira internacional, sinto que o céu é o limite, tudo é possível.
– Já esteve a estudar no Brasil. O seu futuro passa por lá?
– Penso que sim. Identifico-me muito com o Brasil e, num futuro próximo, imagino-me a ter um projeto lá. Está tudo a encaminhar-se neste sentido.

Uma entrevista para ler na íntegra na edição 1237 da CARAS

Veja também: Carolina Loureiro mostra excelente forma física

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras