Nas Bancas

Carla-Bruni003.jpg

Carla Bruni: "Sinto falta da juventude, a vida passa depressa demais"

Aos 51 anos, a cantora e antiga primeira-dama francesa distribuiu charme e simpatia no Porto e em Viana do Castelo.

CARAS
10 de abril de 2019, 07:30

Brilhou como manequim durante a sua juventude, tendo sido uma das top models internacionais mais bem pagas nas décadas de 80 e 90, mas é com a música que Carla Bruni parece sentir-se verdadeiramente feliz. Em entrevista exclusiva à CARAS falou sobre a passagem do tempo. "A única coisa de que sinto falta é de ser jovem, porque a vida passa depressa demais. Quando somos jovens, não temos essa noção", confessa.

Uma entrevista de Cláudia Alegria, para ler na edição desta semana da CARAS, já nas bancas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras