Nas Bancas

Sónia Balacó é Queen of Gaya no seu projeto musical: “Sinto-me muito feliz”

Além de atriz e poetisa, Sónia afirma-se agora como cantora. “I Will Bring the Water” é o seu primeiro “single”.

Vanessa Bento
7 de abril de 2019, 10:56

O mais recente aniversário de Sónia Balacó representou quase um renascimento artístico, já que a atriz surpreendeu todos ao apresentar o seu alterego, Queen of Gaya. E foi nesta nova faceta que lançou o seu primeiro single, I Will Bring the Water. “Acho que o salto de escrever poemas para escrever canções não é muito grande, é uma coisa muito próxima. Mas era algo que nunca tinha pensado fazer publicamente. Escrevo canções desde os 18 anos, improviso com guitarra, mas era uma coisa que fazia para mim. Em 2015 começaram a surgir-me várias canções sobre um mesmo tema e que, claramente, pertenciam a um projeto. Esse projeto de repente começou a reclamar um nome e tive a certeza de que tinha que o fazer acontecer. Em 2017, depois de muita procura e tentativas, conheci o Luís Montenegro, dos Salto, ele adorou a ideia e o projeto e começámos a trabalhar juntos”, explicou Sónia, à margem do evento de apresentação das novidades da marca de produtos para a pele Isdin. Apostada em lançar mais canções até ao final deste ano, a artista não se esgota apenas numa faceta de expressão da sua arte, pelo que está a preparar outro livro de poemas e pretende continuar a afirmar-se na representação. “Tenho um único interesse na vida, que é a arte. A maneira como lhe dou expressão é que pode tocar várias formas, mas a base de tudo é esta vontade de me exprimir artisticamente, seja como poeta, cantora ou atriz. E sinto-me muito feliz, porque fiz uma coisa de que me orgulho com este projeto musical”, sublinhou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras