Nas Bancas

Ivanka, Lara e Melania trump: o preto em oposição à luta das feministas

Mulheres da família Trump mostraram o seu apoio ao Presidente exibindo looks escuros

Ana Paula Homem
24 de fevereiro de 2019, 17:29

No dia em que o republicano Donald Trump fez, no Capitólio, o anual discurso sobre o estado da União, as 66 congressistas delegadas do Partido Democrata sentaram-se na plateia vestidas de branco integral – cor que representa o movimento sufragista que a partir de meados do século XIX lutou, em vários países, pelo direito das mulheres ao voto. Um manifesto silencioso com o qual as democratas chamaram a atenção para o problema da igualdade de género no país, uma vez que consideram que o Presidente não defende os direitos femininos.
Do outro lado da “barricada”, as mulheres da família Trump – a primeira-dama, Melania, e a filha mais velha e a nora do Presidente, Ivanka e Lara, respetivamente – mostraram o seu apoio ao Presidente exibindo looks escuros. Só a filha mais nova de Donald Trump, Tiffany, apareceu de branco, deixando no ar a dúvida se estaria a ousar demarcar-se da ideologia paterna.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras