Nas Bancas

Pai de Meghan mostra a carta que a filha lhe escreveu: "eu desmoronei por dentro"

Depois do casamento, em agosto de 2018, a duquesa de Sussex implorou ao pai que parasse de falar com os tabloides.

CARAS
12 de fevereiro de 2019, 13:30

Depois da reportagem da revista People ter tornado público que, depois do casamento com Harry, Meghan escreveu uma emotiva carta ao pai, este mostrou a missiva ao jornal The Mail. Thomas Markle tornou públicas as palavras da filha, na sequência de ter sido o grande ausente da boda real e do escândalo de ter sido apanhado a vender fotografias previamente combinadas com um paparazzi.

“Papá, é com o coração pesado que escrevo isto, sem entender por que escolheste seguir esse caminho, fechando os olhos para a dor que me estás a causar”. Foi desta forma que Meghan iniciou a missiva datada de agosto 2018. “As tuas ações quebraram o meu coração num milhão de pedaços - não simplesmente porque infligiste uma dor desnecessária e injustificada, mas porque escolheste não contar a verdade, como és manipulado por marionetes. Algo que nunca vou entender. Se me amas, como dizes à imprensa, para. Por favor, permita-nos viver as nossas vidas em paz. Por favor, para de mentir, por favor para de criar tanta dor, por favor para de explorar o meu relacionamento com meu marido. Percebo que estás tão longe neste buraco de coelho que sentes (ou podes sentir) que não há saída, mas se parares por um momento, acho que verás que ser capaz de viver com uma consciência limpa é mais valioso do que qualquer pagamento no mundo.”


Na carta, Meghan refere ainda uma mentira que Thomas Markle terá dito aos media: "Contaste à imprensa que me ligaste para dizer que não vinhas ao o casamento - isso não aconteceu porque nunca me ligaste". E continua: “Sempre te amei, protegi e defendi, oferecendo todo o apoio financeiro que pudesse, e preocupando com a tua saúde. Na semana do casamento, quando soube que tiveste um ataque cardíaco através de um tabloide, foi horripilante. Liguei e mandei uma mensagem ... implorei para que aceitasses ajuda - enviamos alguém para tua casa ... e em vez de falares comigo para aceitar isso ou qualquer ajuda, paraste de atender o telefone e preferiste falar apenas com os tabloides."

As palavras da meia irmã Samantha aos jornais britânicos são também visados na carta: “Implorei-te para parares de ler os tabloides. Diariamente, clicas nas mentiras que eles escrevem sobre mim, especialmente aqueles fabricados pela tua outra filha, que mal conheço”, escreveu. "Viste-me em silêncio a sofrer nas mãos das suas mentiras cruéis, eu desmoronei por dentro."

O pai de Meghan afirmou ter respondido à carta: “Podes odiar-me se quisres. Eu não posso te forçar. Cometi um grande erro. Sou humano e sinto muito!”, terá escrito.

Na reportagem da People, cinco amigos próximos da duquesa revelaram o seu lado da história e da personalidade de Meghan

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras