Nas Bancas

Criticada pela magreza excessiva, Céline Dion responde às críticas

A cantora tem sido noticiado pela sua compleição física.

CARAS
29 de janeiro de 2019, 12:56

Céline Dion tem vindo a ser criticada pela sua magreza excessiva. Marcada pela morte do marido, René Angélil, em janeiro de 2014, tem sido assunto pela sua figura cada vez mais esguia e por uma possível relação com Pepe Munoz. Citada por uma fonte na imprensa internacional, a cantora terá afirmado que a moda sempre foi um ponto de interesse para si, “mas a maneira como funcionava talvez fosse mais conservadora (...) Se agora tenho oportunidade de usar alta costura e as coisas que me fazem sentir bonita, forte, destemida, feminina e atraente ... mesmo que seja só para mim. Não podemos agradar a todos o tempo todo”.

Sobre o marido, a cantora refere-se ao produtor como o “maior homem que alguma vez viveu” e que terá descoberto o seu talento quando esta tinha apenas 12 anos. Acerca dos rumores de um possível romance com o dançarino Pepe Munoz, Céline sempre negou alegando apenas que é alguém que se preocupa com os seus treinos e que esta esteja na melhor forma possível

“Sim, há outro homem na minha vida, mas não o homem na minha vida. Ligámo-nos imediatamente como amigos, as coisas evoluiram… mas não vamos misturar tudo”, declarou revelando que não se importa que a imprensa aborde o assunto porque “ele é bonito e é o meu melhor amigo. Quando digo que estou só, por favor deixem-me em paz”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras