Nas Bancas

Catarina11.jpg

Paulo Miguel Martins

Catarina Miranda: “Deixa-me muito feliz ver que o Miguel e o meu filho se dão tão bem”

Ao lado do marido, Miguel Raposo, e do filho, Manuel, a ex-locutora é uma mulher feliz com as escolhas que tem feito.

Marta Mesquita
20 de janeiro de 2019, 10:33

Catarina Miranda completou recentemente 40 anos, uma idade que não a define ou tão-pouco determina a forma como vive. Qual adolescente, a ex-locutora da Rádio Comercial continua a querer “sentir borboletas na barriga” em tudo o que faz, corre atrás dos seus sonhos sem olhar para trás e troca escolhas seguras por outras que lhe mostram caminhos desconhecidos mas mais felizes.
É com esta intensidade que Catarina vive a sua relação com Miguel Raposo, de 42 anos. Não foi preciso muito tempo para a aspirante a atriz – integra o elenco da novela Valor da Vida – e o empresário e especialista em marketing digital perceberem que queriam partilhar todos os seus dias. Tatuaram os nomes um do outro e casaram-se há quase um ano, numa conservatória, sem qualquer testemunha, nem mesmo o filho de Catarina, Manuel, de seis anos, nem os de Miguel, João, de 17, Maria, de 13, e Rodrigo, de oito.
Numa tarde passada em família, Catarina contou-nos a mulher confiante e feliz que se tornou, comentando ainda a sua saída da rádio e a forma como encara os novos desafios na área do digital e da representação.

– Acaba de fazer 40 anos. Com que estado de espírito entra nesta nova década?
Catarina Miranda – Sinto-me em paz e muito confiante. Cheguei aos 40 e ainda tenho uma vida inteira pela frente, o que é maravilhoso.

– No seu blogue homónimo e nas redes sociais tem partilhado fotografias onde aparece muito feminina e sensual. Sempre se sentiu bem na sua pele?
– Nunca cuidei muito de mim, porque sempre trabalhei bastante. Agora dou mais importância a isso. Nas fotografias que publico assumo que sou baixa, não escondo as rugas nem a celulite. E isso não me impossibilita de nada. Uso uma saia curta e sorrio. O que sinto passa para fora. Sempre adorei ser mulher. Somos todas bonitas, não tem de haver uma beleza padrão. Tem tudo a ver com a forma como nos sentimos e valorizamos. Também adoro arriscar nos visuais. Num look formal, gosto de ter algo desconcertante, fora da caixa. É o meu lado mais rebelde.

– No seu blogue também assume que quer inspirar as mulheres. Que mensagem lhes quer transmitir?
– Quero que as mulheres percebam que, independentemente da nossa idade e daquilo por que já passámos, temos força para dizer: “Basta.” Mas sei que as coisas não são tão lineares quanto isso. Há dias em que também penso: “E agora?” Mas na maior parte das vezes não me arrependo de nada. Nós valemos sempre a pena, temos de arriscar.

– E, por falar em arriscar, está a dar os primeiros passos na representação ao integrar o elenco da novela Valor da Vida. Como está a ser a experiência?
– Maravilhosa. Tenho formação nesta área, mas era algo que tinha ficado esquecido no passado, nunca tinha feito nada a nível profissional. Recentemente fiz uma pequena participação no filme Linhas de Sangue e isso despertou-me o bichinho. Já tinha feito vários castings e fiquei muito feliz quando soube que iria participar nesta novela. Estou a adorar e desejo tirar o máximo proveito deste projeto. Quero mesmo continuar a apostar nesta área. Vamos ver o que o futuro me reserva.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras