Nas Bancas

Criatividade e talento de João Branco moldaram o sucesso dos Storytailors

O estilista, de 40 anos, morreu na madrugada de 17 de dezembro

Cláudia Alegria
6 de janeiro de 2019, 14:00

A sua capacidade criativa, o imaginário infindável e o romantismo incurável levaram João Branco a escrever, ao lado de Luís Sanchez, algumas páginas da história da moda portuguesa. “Inspiramo-nos em sonhos para trabalhar a realidade”, lê-se no site da Storytailors, a marca desenvolvida nas últimas duas décadas por esta dupla de estilistas, que, com a morte de João Branco, aos 40 anos, na madrugada do passado dia 17, ficou com o futuro indefinido.
“Ainda sem palavras à altura, mas não posso deixar de te agradecer mais uma vez por me teres deixado contar as tuas histórias e me teres ajudado a contar as minhas. Gosto de acreditar que fui uma das tuas musas. Sempre me fizeste sentir uma”, escreveu nas redes sociais Sónia Tavares, uma das figuras públicas que, por várias vezes, ‘vestiu’ a história imaginada pela dupla de estilistas. “Conheci o João e o Luís teria os meus 19, 20 anos, senão menos. Nessa altura estava longe de imaginar que iria ser tantas vezes a ‘rock and roll queen’ do mundo fabulado dos Storytailors. Posso dizer que tive o privilégio de o conhecer, rapaz de genuíno bom caráter e entusiasmo contagiante. Irá seguramente iluminar o desconhecido com a beleza do seu coração”, declarou Sílvia Alberto, apresentadora da RTP.
Yolanda Soares, uma das primeiras musas desta dupla, também quis prestar publicamente a sua homenagem: “Deixaste-nos agora tão cedo, mas ficas eternamente connosco. Estas são as suas obras que me vestiram o corpo... e a mente também... de criatividade e enorme talento. Adeus, rapaz iluminado.”
João Branco nasceu em Lisboa em 1978 e ingressou em 1996 no curso de Design de Moda na Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa, onde conheceu Luís Sanchez, com quem, anos mais tarde, formaria a dupla Storytailors. Inspiradas em contos de fadas e aventuras, as suas coleções desfilaram na ModaLisboa e no Portugal Fashion, sendo também frequentes os convites para criarem figurinos para companhias de teatro

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras