Nas Bancas

45821052_1827396914060929_3893436693898178963_n (1).jpg

Ariana Grande recusou ser condecorada por Isabel II

Fontes próximas da cantora explicam os motivos para tal decisão.

CARAS
5 de janeiro de 2019, 10:30

Ariana Grande foi elogiada pela forma como lidou com o ataque terrorista que manchou o seu concerto em Manchester, em maio de 2017. Logo no mês seguinte ao este trágico acontecimento, a cantora regressou à cidade inglesa para visitar alguns dos fãs que ficaram feridos, bem como para dar um novo espetáculo intitulado "One Love Manchester". O concerto de cariz beneficente angariou 11,3 milhões de euros para o fundo de emergência We Love Manchester, criado para apoiar os feridos e enlutados na sequência do atentado reivindicado pelo Estado Islâmico, que vitimou 22 pessoas, incluindo crianças e adolescentes.

O jornal The Sun avança que o espírito bondoso e a bravura de Ariana Grande seriam reconhecidos com o título de honra damehood, que lhe seria oferecido por Isabel II durante o evento New Year’s Honours. No entanto, a estrela recusou. "A Ariana sentiu-se lisonjeada mas disse que era demasiado cedo. Ela explicou que ainda estava de luto, tal como dezenas de famílias," explicou uma fonte. "Ela temia que alguns dos afetados vissem [o momento] como insensível. O comité escreveu-lhe, mas ela declinou educadamente."

Outra fonte, bastante próxima da artista, acrescentou: "Ela sentiu-se profundamente comovida e honrada. Ela não recusou mas explicou que não era a altura certa de aceitar."

A tragédia marcou profundamente Ariana, que ganhou uma ligação eterna à cidade com a cidadania honorária. Além disso, tem uma abelha operária tatuada no corpo. O desenho é um símbolo do passado industrial de Manchester e uma homenagem aqueles que perderam as suas vidas durante o ataque.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras