Nas Bancas

Douro vinhateiro recebe caras conhecidas num fim de semana dedicado às vindimas

Um convite irrecusável que proporcionou dois dias de aventura.

Cláudia Alegria
30 de dezembro de 2018, 13:00

O convite era tentador. Um SUV Seat Ateca à disposição, para dois dias de aventura nas estradas que serpenteiam as montanhas e planícies do Douro, tendo a oportunidade de participar na festa das vindimas e ficar hospedado numa das quintas mais antigas daquela região vinhateira, é, de facto, um convite irrecusável. “Tinha estado aqui no Douro há muito tempo, há uns seis ou sete anos, por ocasião de um festival de cinema, e fiquei cheia de vontade de regressar, mas ainda não se tinha proporcionado”, contou a atriz Helena Isabel, uma das convidadas da CARAS e da Seat para esta viagem vinícola, que incluiu visita a vinhas, lagares e adegas, assim como a experiência única da pisa das uvas, conhecida por lagarada. “Nunca tinha feito uma lagarada, foi uma estreia absoluta. É bom chegar-se a uma determinada idade e ainda conseguir estrear coisas”, frisou, com humor, a atriz, que não deixou de realçar a elegância e beleza da casa onde ficaram hospedados, a Quinta do Vesuvio.


Lendária quinta duriense, datada de 1827, dali saíram alguns dos primeiros Vinhos do Porto que conquistaram desde logo a atenção dos ingleses. Adquirida pela família Symington em 1989, a quinta acabaria por ser alvo de remodelações e melhoramentos que lhe devolveram a grandiosidade e prestígio que se foram perdendo com o passar dos anos. “A casa é espetacular, muito bonita, e a companhia foi ótima. Aquele alpendre maravilhoso onde passámos as noites a conversar, o tempo espetacular, a delícia daqueles jantares, os saborosos pequenos-almoços, tudo aquilo é idílico. O Douro é idílico”, assegurou Mariana Gaspar Couceiro, resumindo assim a opinião dos restantes convidados, os pilotos e amigos de longa data Pedro Couceiro e Manuel Gião, assim como Isabel Angelino. “Adoro conviver. Como se costuma dizer, os amigos são a família que nós escolhemos, e este fim de semana fiz novos amigos, como a Helena Isabel, de quem era fã desde 1982, quando fazia o Tal Canal. Adorei conhecê-la melhor, é uma pessoa com um espírito fantástico”, adiantou o piloto, um dos convidados que mais animaram o jantar com as histórias que foi partilhando à mesa.


Manuel Gião e Isabel Angelino acabaram por regressar à região onde passaram o primeiro fim de semana a dois logo no início do seu namoro. “Dizem que a estrada mais bonita da Europa é a que vai do Pinhão até à Régua. Nós fizemos essa estrada em abril, quando aqui estivemos juntos”, revelou o piloto, que no verão voltou a Vila Real para participar no Campeonato de Portugal de Velocidade de Turismos.


No final destes dois dias, em que houve tempo para conhecer melhor todo o processo de produção do famoso Vinho do Porto e, claro, de provar alguns vintage daquela casa vinícola, o balanço não poderia ser mais positivo. “Acho que qualquer das pessoas que aqui esteve sai mais rica do ponto de vista de experiências, com histórias para contar e reviver, e nós ficamos contentes por terem feito parte da história da Symington”, concluiu o brand manager daquela marca de vinhos, Tiago Ferreira de Oliveira.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras