Nas Bancas

Rita Pereira: “O nome só será divulgado quando ele nascer”

Rita esteve na loja 100% Bebé, no Estoril, e contou como está a viver com serenidade o último mês da sua gestação.

Andreia Cardinali
25 de dezembro de 2018, 16:03

Quase a ser mãe de um menino, novidade que deu nas redes sociais e na estreia de Dança com as Estrelas, Rita Pereira já tem tudo preparado para a chegada do seu bebé, daqui a um mês, mas, como nos confessou, teve de recorrer a ajuda especializada para não se dispersar nas compras: “Apareceu um anjo na minha vida, da 100% Bebé, uma pessoa que se contrata e que nos trata de tudo. Confiei na Isabel e foi ela que me aconselhou e facilitou muito a minha vida. Já está tudo escolhido e tudo preparado para a chegada deste bebé, agora é só desfrutar.” O nome já está decidido, mas ainda ninguém da família de Rita ou do seu companheiro, Guillaume Lalung, sabe, já que a atriz quis que fosse um segredo só dos dois: “O nome só será divulgado quando ele nascer, nem a minha irmã sabe. Chateiam-me imenso, trazem-me listas de nomes para ver se descobrem, mas eu e o Guillaume quisemos mesmo guardar isso para nós. Ele não faz parte deste mundo, não pediu para viver este momento público e também tem direito a algo apenas nosso. Foi uma escolha muito fácil e o nome surgiu-nos de repente, num jantar super-romântico a dois. Dará para inglês, português e francês.”
Com uma barriga pouco evidente até aqui, só neste último mês é que a atriz começou a sentir alguns dos “desconfortos” da gravidez: “Já não passo despercebida e agora percebo a sorte que tive, porque não consigo imaginar o que é ter esta barriga durante, por exemplo, seis meses, porque pesa, vou contra as coisas, tenho de abrir mais as portas, como uma ervilha e fico supercheia! [Risos.] Acordo de manhã uma grávida e à noite estou o triplo. Isto é mesmo uma aventura, mas cada vez percebo mais que tenho tido uma gravidez santa. Tenho ouvido o meu corpo, sei que quando faço desporto me sinto bem melhor, menos inchada e cansada, e sinto-me muito bem com os dez quilos que engordei até agora.”
Esta fase final de gravidez coincidiu também com a realização de um projeto por que ansiava muito, a apresentação do Dança com as Estrelas: “Estou tão concentrada com o programa que a gravidez me está a passar um pouco ao lado. Tenho tido insónias, não por causa do bebé e sim por causa do trabalho. Acho que se tivesse feito este programa sem estar grávida não teria o mesmo brilho.” O nascimento do bebé não será impeditivo para a continuação do programa, até porque, garante, assim que puder regressará, levando o filho para os bastidores: “Vou ter o bebé e volto para o programa assim que possível, mas tudo dependerá do meu corpo, não vou forçar nada nem colocar-me em perigo.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras