Nas Bancas

Famosos divertem-se na festa do 5.º aniversário da SIC CARAS

As estrelas do canal temático celebraram a data num final de tarde muito animado e desejaram que ele continue a ser um sucesso.

Marta Mesquita
24 de dezembro de 2018, 16:06

Para quem trabalha em televisão, estar envolvido na criação de um canal é um marco profissional. Daniel Oliveira foi o primeiro diretor da SIC CARAS, um canal temático dedicado aos famosos e ao lado mais glamoroso da vida. Passados cinco anos, o atual diretor de programas da SIC ainda não se esqueceu da emoção que sentiu quando viu no ar o trabalho de toda a sua equipa. “Começar um projeto do zero é sempre especial. Foi uma reunião de forças de várias pessoas para criar este canal, que procurava, e conseguiu, especializar-se numa determinada matéria. Aqueles minutos iniciais, há cinco anos, foram muito especiais. Recordo-os com muita saudade, pois foram muito intensos. Ver o canal com esta vitalidade passados estes anos significa que o nosso trabalho está a ser reconhecido”, partilhou Daniel na festa do 5.º aniversário da SIC CARAS, que decorreu na discoteca Mome, em Lisboa.
Júlia Pinheiro, atual diretora do canal, também foi uma das protagonistas deste final de tarde. Sem querer revelar as novidades que estão a ser pensadas para a programação, a apresentadora da SIC destacou o papel que o programa Passadeira Vermelha, no qual se comenta a vida e os looks dos famosos, tem assumido na mudança de mentalidades: “Estou muito contente com este meu novo papel. É um canal com o trabalho feito e com programas que já têm bastante notoriedade junto do público, como o Passadeira Vermelha. Muitas vezes, os comentadores ficam desprotegidos, porque este tipo de entretenimento ainda não é bem entendido em Portugal. Mas eles vão sempre a jogo e são muito divertidos. Adoro-os. Pode parecer um trabalho frívolo, mas não é. Exige muita dedicação.”
Considerada por muitos como a “cara” deste canal, Liliana Campos garantiu que se sente muito realizada com os desafios profissionais que tem abraçado nos últimos anos: “É um privilégio e uma grande responsabilidade ser considerada a cara de um canal. Estou na SIC CARAS desde o primeiro minuto e faço um programa que é um grande sucesso e uma referência. Este desafio foi mesmo um presente que recebi. Ainda temos muito para dar no Passadeira Vermelha. Já somos uma família e isso nota-se no nosso à-vontade. As emoções e os disparates que possamos dizer saem na altura, nada é ensaiado, é tudo espontâneo. E o giro é que falamos dos outros mas também falamos muito de nós.”
Mesmo sem ouvir as declarações da amiga e colega, Cláudio Ramos esqueceu-se por momentos do seu papel de comentador do programa e foi o protagonista de uma novidade que partilhou com a CARAS: “Estou muito apaixonado, mas ainda é cedo para me casar. Não quero dizer quem é, porque ainda é algo embrionário, apesar de já estarmos juntos há algum tempo. Estou muito feliz. Era uma pessoa que me fazia falta.”
Como não podia faltar numa festa de aniversário, as caras do canal reuniram-se à volta do bolo, cantaram os parabéns e sopraram as velas. O desejo pedido foi apenas um: que se continue a celebrar o sucesso do canal sempre com muito glamour à mistura.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras