Nas Bancas

Músicos portugueses dão voz a concerto solidário com os direitos da criança

Diversos artistas passaram pelo palco deste espetáculo que celebrou os 35 anos do Instituto de Apoio à Criança e foi apresentado por Catarina Furtado.

Vanessa Bento
8 de dezembro de 2018, 17:56

Desde 1983 que o Instituto de Apoio à Criança atua na defesa e promoção dos direitos das crianças. Este projeto, que sempre foi um sonho de Manuela Eanes, completou agora 35 anos e assinalou esta data tão especial com um concerto solidário na Altice Arena. “Podemos dizer que o Instituto da Criança foi um sonho, uma utopia de muita gente, sempre ao serviço da criança. Tivemos sempre como grande prioridade a criança maltratada, a criança abusada sexualmente, as crianças de rua, mas também a humanização dos serviços de pediatria, o direito de brincar... A criança, como diz Nelson Mandela, é o projeto mais importante e mais belo da humanidade”, salientou a presidente honorária do IAC. Pelo palco do Altice Arena passaram vários artistas que se quiseram aliar a esta causa, como os Amor Electro, Miguel Araújo e D.A.M.A. “A nossa riqueza maior são as crianças. O cuidar mal dói sempre, mas quando é com crianças dói de uma maneira terrível. Portanto, é uma noite em que celebramos a nossa obrigação de cuidar melhor e de darmos às crianças tudo o que merecem para crescer harmoniosamente. O trabalho desta associação é, neste sentido, notável”, sublinhou Maria Cavaco Silva.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras