Nas Bancas

Helena21.jpg

Paulo Miguel Martins

Helena Isabel: “Sou uma pessoa emotiva, mas com os pés assentes na terra”

A atriz assegura que o passar do tempo a tem ajudado a vencer a insegurança e a timidez.

Cláudia Alegria
10 de novembro de 2018, 10:42

Os anos passam, mas a jovialidade e boa disposição de Helena Isabel parecem nunca esmorecer. Durante os dias que passámos com a atriz, de 66 anos, na zona do Douro, por ocasião das vindimas CARAS/Seat, o sorriso simpático, a doçura das palavras e a delicadeza nos pequenos gestos estiveram sempre presentes, pelo que não foi difícil deixarmo-nos seduzir pela autora do livro A Idade não me Define, que deu a conhecer um pouco melhor nesta entrevista.

– Tal como o Vinho do Porto, o passar dos anos torna-nos melhores pessoas?
Helena Isabel – Penso que sim. Somos um somatório de todas as nossas experiências de vida, e, chegando a esta altura, a minha experiência já é vasta. Há coisas que pioram com a idade, mas há muitas outras que, pelo contrário, melhoram, como, por exemplo, a nossa autoestima, o nosso amor-próprio. Aprendemos a relativizar as coisas, a gostar mais de nós.

– É uma pessoa insegura?
– Sou uma pessoa muito mais segura de mim do que era. Ao fim destes anos todos, fazendo um balanço, dá para perceber que alguma coisa devo ter feito bem na minha profissão, por exemplo, porque felizmente nunca me faltou trabalho.

– Gosta de se dar a conhecer?
– Com os meus amigos sou comunicativa, falo muito da minha vida e por vezes peço conselhos, mas em termos de vida pública sou muito reservada.

Fotos: João Lima

Leia esta entrevista na íntegra na edição 1212 da revista CARAS.
Assinatura Digital

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras