Nas Bancas

Helena Ramos

Helena Ramos

João Lima/Paulo Jorge Figueiredo

Colegas e amigos homenageiam Helena Ramos na hora da despedida

A apresentadora faleceu esta quinta-feira, 1 de novembro.

CARAS
2 de novembro de 2018, 09:59

A notícia da morte de Helena Ramos apanhou muitos colegas e amigos de surpresa. Inúmeras caras conhecidas recorreram às redes sociais para homenagear a apresentadora que desapareceu aos 64 anos, vítima de doença prolongada.

O seu percurso na televisão é longo e nele cabem muitos anos de história, tendo sido o rosto de diferentes formatos televisivos, entre os quais se destacam as entrevistas, as marchas populares e várias edições do Festival da Canção e do Natal dos Hospitais. Nos últimos anos trabalhava na Rtp Memória, apresentando o programa Tributo, tendo integrado ainda a comissão instaladora deste mesmo canal.

Fátima Campos Ferreira: "Uma mulher especial. Um rosto marcante. Um dos símbolos que marca a história da RTP."

Dina Aguiar: "A minha homenagem a ti querida Helena . Descansa em paz!"

Herman José: "A Helena Ramos enfrentou o seu cancro com coragem, sem alaridos nem sensacionalismos. Morreu com a mesma dignidade com que viveu. Tinha a minha idade. Em Março passado esteve muito bem disposta no meu 'Cá por Casa' dedicado ao aniversário da RTP. É assim que a recordarei."

Manuela Moura Guedes: "Conhecemo-nos em 1978. Era o nosso primeiro dia no curso de formação da RTP, um grupo de 12 futuros locutores escolhidos por concurso público. Observávamo-nos uns aos outros, curiosos, sentados á volta de uma mesa comprida enquanto nos davam a aula de apresentação. A voz quente e profunda da Isabel, o ar doce e tranquilo da Fernanda, os enormes olhos azuis da outra Isabel copiados de um anjinho da Renascença, o olhar vivo e meio risonho da Helena que contagiava ao sorriso.....foram primeiras impressões que ficaram para sempre gravadas ...depois fomo-nos descobrindo num dia-a-dia que intensificava o convívio e a amizade. Com a Helena foi fácil, a maneira franca de se dar com os outros e aos outros destruia barreiras. Hoje, é a sua gargalhada solta que se repete na minha memória, foram tempos felizes."

Nuno Markl: "Notícia chocante, esta. A Helena Ramos é das caras e das vozes da vida de quem cresceu com os dois canais da RTP, e parecia ter descoberto o elixir da eterna juventude. Vamos sentir a falta dela nos textos e na voz da rubrica Tributo, no Traz Prá Frente da RTP Memória, que ela escrevia e lia com uma elegância que não era deste tempo."

Cláudio Ramos: "A Helena. Fé. Amizade. Educação. Gentileza. Pragmatismo. Disponibilidade. Morreu a merecer muito mais no canal que representava. Seguramente morreu parte da memória de quem tem memória da televisão."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras