Nas Bancas

Gisele Bündchen revela batalha com ataques de pânico

Os episódios eram tão graves que a modelo considerou o suicídio.

CARAS
30 de setembro de 2018, 20:33

Gisele Bündchen faz revelações inéditas sobre a sua vida profissional e pessoal no novo livro Lessons: My Path to a Meaningful Life. Por exemplo, a modelo de 38 anos desmistifica a perceção de que a sua vida sempre foi perfeita ao revelar que em tempos sofreu de ataques de pânico e teve pensamentos suicidas.

A manequim brasileira explica que depois de ter o seu primeiro ataque de pânico durante um voo turbulento num avião pequeno em 2003, passou a ter medo de túneis, elevadores e de outros espaços fechados. "Estava numa posição maravilhosa na minha carreira, era muito próxima da minha família e sempre me considerei uma pessoa positiva, portanto estava a martirizar-me. Sentia que não me era permitido sentir-me mal," lê-se no livro. "Sentia-me impotente. O teu mundo torna-se cada vez mais pequeno, e não consegues respirar, e essa é a pior sensação que alguma vez tive."

Quando os ataques começaram a acontecer também em sua casa, Bündchen considerou o suicídio. "Pensava: 'se saltar da minha varanda, isto vai acabar, e nunca mais terei de preocupar-me com esta sensação de o meu mundo estar a fechar-se." Depois de consultar uma especialista, que lhe receitou Xanax, a estrela decidiu que não queria tomar medicação. "O pensamento de estar dependente de algo, na minha cabeça, parecia ainda pior."

Este foi um ponto de viragem na vida de Gisele, que, aconselhada pelos seus médicos, adotou um estilo de vida saudável. "Fumava cigarros, bebia uma garrafa de vinho e três Frappucinos todos os dias, e desisti tudo disso num dia," revela a modelo, que também deixou de consumir açúcar e passou a praticar ioga e a meditar para combater o stress.

Depois disso, a filantropa e empresária decidiu repensar também as suas relações e acabou por terminar o namoro com Leonardo DiCaprio em 2005. "Toda a gente que cruza o nosso caminho é um professor; entram nas nossas vidas para ensinar-nos algo sobre nós. E eu acho que é isso que ele foi."

De recordar que Gisele trocou alianças com o jogador de futebol americano Tom Brady em 2008 e o casal tem dois filhos: Benjamin, 8, e Vivian Lake, 5.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras