Nas Bancas

Morreu Oliver Hoare, alegado amante de Diana

O antigo amigo de Carlos perdeu uma longa batalha contra o cancro.

CARAS
12 de setembro de 2018, 10:06

Morreu Oliver Hoare, alegado amante da princesa Diana. O marchand de arte perdeu, aos 73 anos, uma longa batalha contra um cancro. A notícia está a ser avançada pela imprensa internacional. Era amigo próximo do príncipe Carlos e pai de três filhos, tendo ficado conhecido por um romance com Diana, que se terá iniciado em 1992.

A confidente da mãe de William e Harry, Lady Bowker, conta que Diana sonhava com a possibilidade de "viver em Itália com o belo Hoare". Um antigo guarda-costas recorda-se do dia em que viu o marchand de arte "seminu atrás de uma árvore num corredor do palácio de Kensington, fumando um charuto". O caso terminou em 1993 quando Diana de Waldner, mulher de Hoare, o ameaçou com o divórcio.

Com dificuldade em lidar com a ruptura, a princesa Diana terá telefonado insistentemente para casa do alegado amante, o qual se viu forçado a contactar as autoridades policiais. Numa entrevista em 1995, Diana admite tê-lo contactado "durante seis a nove meses, algumas vezes, mas certamente não de maneira obsessiva”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras