Nas Bancas

Sara Prata_Pronovias1.JPG

D.R.

Sara Prata: “quando não sei para onde caminhar, prefiro parar”

Dias antes de celebrar o seu 34.º aniversário, Sara Prata marcou encontro com a CARAS no Monte Santo Resort, no Carvoeiro. Numa conversa intimista, a atriz fez um balanço da sua vida e dos últimos projetos em que participou e adiantou informação sobre os meses que se avizinham.

André Drogas
8 de setembro de 2018, 08:00

Sara Prata é uma mulher realizada, que não perdeu a vontade de conquistar o mundo. Já leva 13 anos a trabalhar com a TVI e, terminadas as gravações da novela Jogo Duplo, que protagonizou ao lado de João Catarré, esta pareceu-nos a altura ideal para pôr a conversa em dia com a atriz.
– Está onde imaginava estar agora, a fazer o que sempre quis?
Sara Prata – Acho que foi aos 30 anos que senti pela primeira vez essa necessidade de respostas. Mas ao longo destes últimos quatro anos acabei por perder a urgência em responder precisamente a essas duas perguntas. Com calma e em períodos diferentes, vais sabendo quem és, quem são os que estão à tua volta e a forma como desenhas o que será no imediato e no futuro. Sem pressas, mas com mais firmeza.
– É o tipo de pessoa que define metas, objetivos a atingir?
– Sempre fui assim. Quando não sei o que pedir, construir, para onde caminhar, prefiro parar. Sempre levei a minha vida desta forma. Temos a capacidade de projetar o que queremos na nossa vida. Em alguns momentos temos barreiras e dúvidas, mas faz parte. Para uns pode ser destrutivo, eu tento transformar isso num crescimento maior.
– O que é que a faz feliz?
– Coisas bastante simples. Ter a capacidade de parar e ver um pôr do sol. Dar um mergulho. Ter um bom prato na mesa. E sorrir. Mesmo que custe, sorrir é metade do caminho para se ser feliz.
– Terminou há pouco tempo a novela Jogo Duplo. Que importância teve para si este papel?
– Foi dos projetos mais especiais para mim, e acredito que para todo o elenco. Sentíamos que estávamos a fazer algo de coração, genuíno, em conjunto. Hoje o público premeia isso, dizem-nos na rua que o que fizemos foi especial. A Margarida e o João vão ficar naquela caixinha dos personagens que não vou esquecer. Grande projeto da TVI, grandes personagens, grandes atores. Não poderia ter pedido mais.
– O que vem agora?
– A televisão já faz parte dos meus desejos. Estou sempre curiosa para saber qual a personagem a seguir, de que forma consigo evoluir para o público. É este o fascínio da minha profissão. Crescer, exigir mais de mim através de uma história. Não gosto de estagnar, procuro constantemente essa evolução em mim e nos projetos que abraço. O público está cada vez mais exigente nos meios que tem ao seu alcance, é bom começarmos a produzir na direção dessas “exigências”. Estive a rodar com o Vicente Alves do Ó um filme que me deixa muito curiosa, precisamente pela forma como ele fez algo que há muito queria, explorou e apresentou algo loucamente seu. Depois, os palcos são uma vontade constante. Este ano quero muito voltar ao teatro. Estou a precisar de voltar às bases, de me sentir em prova, porque o palco irá sempre relembrar-me quem sou.
– Há 13 anos que é uma das caras da TVI. Como tem sido este trajeto?
– Melhor seria impossível. Rapidamente, um sonho de menina se tornou realidade e fez-me ser persistente para não desistir. A TVI foi, sem dúvida, um braço forte nesta construção. Mas tento, acima de tudo, não esquecer a verdadeira paixão que me fez sair de casa, lutar e acreditar que seria possível: a representação. Essa, sim, é a grande aventura da minha vida. Tentar não ser maior do que eu nem menor do que mereço. O equilíbrio consegues nas parcerias certas, e a meu lado tenho pessoas que me alicerçam diariamente e me fazem ainda hoje querer mais 13 anos desta aventura.

Leia esta entrevista na íntegra na edição 1201 da revista CARAS.
Assinatura Digital
Apple Store
Google Play

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras