Nas Bancas

Asia Argento quebra silêncio sobre acusações de abuso sexual

A atriz divulgou um comunicado em que afirma que foi Anthony Bourdain quem pagou a Jimmy Benett.

CARAS
21 de agosto de 2018, 17:27

Asia Argento nega ter abusado sexualmente do cantor Jimmy Bennett, quando este tinha apenas 17 anos, notícia avançada pelo New York Times.

A atriz reagiu às acusações de que foi alvo pelo ex-ator de 22 anos, que afirmou que Asia o tinha beijado antes de se envolver com ele em relações sexuais, no Ritz-Carlton em Marina del Rey. Argento tinha na altura 37 anos e Jimmy era menor. O jovem, atualmente músico, acusa-a igualmente de ter pago uma avultada quantia de dinheiro em troca do seu silêncio.

"Nego veementemente e oponho-me ao conteúdo do artigo do New York Times", disse a atriz esta terça-feira, dia 21, num comunicado que fez chegar ao jornalista Yashar Ali. “Estou profundamente chocada e magoada por ter lido notícias absolutamente falsas. Nunca tive nenhum relacionamento sexual com Bennett."

De acordo com a versão dos factos que Asia trouxe a público, foi o namorado, Anthony Bourdain, que se suicidou em junho deste ano, aos 61 anos, quem pagou a Jimmy. Na declaração, Argento afirma que a amizade que a unia ao jovem ator, com quem trabalhara num filme, terminou no outono passado, após a atriz ter vindo a público denunciar a agressão sexual de que fora vítima pelo produtor Harvey Weinstein. Foi então que Bennett, que estava a lidar com graves problemas financeiros, "inesperadamente fez um pedido exorbitante de dinheiro". Quem se encarregou do assunto foi o chef Anthony Bourdain, namorado da atriz. “Anthony tinha medo da possível publicidade negativa que esta pessoa, a quem considerava perigosa, poderia trazer sobre nós. Decidimos lidar com compaixão com a demanda de Bennett por ajuda e dar-lha ”, diz ela. "Anthony comprometeu-se pessoalmente a ajudar Bennett economicamente, com a condição de que não sofreríamos mais intrusões na nossa vida."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras