Nas Bancas

lindsay lohan.jpg

Lindsay Lohan critica mulheres que revelam casos de assédio sexual

A atriz ainda defendeu Harvey Weinstein, produtor cinematográfico alvo de dezenas de acusações de assédio e abuso sexual.

CARAS
9 de agosto de 2018, 13:30

O movimento #metoo alcançou uma dimensão mundial e são vários os casos de abuso e assédio sexual relatados até então. Contudo, Lindsay Lohan, de 32 anos, parece não apoiar a decisão de milhares de mulheres. Pelo contrário, acha que tal as faz parecer "fracas".

Em entrevista ao The Times, afirmou não ter "nada a dizer" acerca da sua experiência no meio artístico, no que a assédio ou abuso sexual diz respeito. "Não posso falar de algo que não vivi, certo? Reparem, eu apoio totalmente as mulheres. Toda a gente passa pelas próprias experiências de forma individual", acrescentou.

Porém, a atriz continuou, "Se algo acontece num momento, deve ser discutido nesse momento". Não satisfeita, decidiu ainda criticar algumas mulheres, "Tornam-no em algo demasido grande, ao reportar à polícia. Vou odiar-me por dizer isto, mas acho que as mulheres que se pronunciam contra estas coisas passam a imagem de que são fracas, quando são mulheres muito fortes".

A atriz falou ainda de pessoas que o fazem apenas para chamar a atençaão, referindo, "Há estas raparigas que se pronunciam, mas que nem sabem quem são, fazendo-o para chamar a atenção. Isso desvia a atenção do facto de que algo aconteceu realemente".

Pelo Instagram, a atriz foi mais longe, referindo que trabalhou várias vezes com Harvey Weinstein e que este sempre foi correto com ela. "Sinto pena dele, neste momento", disse, afirmando, em seguida, que a ex-companheira do produtor, Georgina, deveria apoiá-lo. Menos de uma hora após ter publicado o vídeo, no qual escreveu o nome "Harvey" com um emoji de um anjinho, Lohan apagou-o. Contudo, a gravação circula pela internet e já foi alvo de inúmeras críticas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras