Nas Bancas

Dennis Quaid confessa o motivo do fim do seu casamento com Meg Ryan

O ator também falou sobre o seu problema de adição à cocaína.

Activa.pt
24 de julho de 2018, 12:53

Nos anos 90, Dennis Quaid, 64, e Meg Ryan, 56, formaram um dos casais mais populares de Hollywood. Os dois atores gravaram dois filmes juntos - O Micro-Herói e D.O.A e casaram em 1991, lançando, dois anos depois, a terceira película protagonizada por ambos, Flesh and Bone.

O casamento terminou em 2001, mas só agora, numa entrevista recente à Today’s , é que o ator tornou público os motivos na origem da separação. A relação, que Quaid afirma ter sido a mais bem sucedida de sua vida, foi entrando em crise por causa dos ciúmes do ator a partir do momento em que o sucesso do filme Sleepless In Seattle, de 1993, catapultou Meg para outro patamar da fama.

"Quando nos conhecemos, eu era o elemento famoso do casal e depois minha carreira parou", confessou Quaid. "Saímos pelas ruas de Nova Iorque e as pessoas gritavam ‘Meg! Meg!'. Tenho que admitir que realmente senti-me como se tivesse desaparecido."

Outro dos temas abordados foi o vício do ator em cocaína. Dennis confessou que usou a droga quase diariamente durante os anos 80. “Houve uma noite em que tive uma daquelas experiências de luz e que percebi que estaria morto em cinco anos se não mudasse a minha vida. No dia seguinte, estava na reabilitação ", disse.

Dennis Quaid vai interpretar a personagem do antigo presidente norte-ameriano Ronald Reagan, no filme Regan, enquanto Ryan participa na série Picture Paris.

O filho Jack, fruto da relação de Dennis e Meg, também fez carreira em Hollywood e irá aparecer em 1019 na série de super-heróis de Evan Goldberg, The Boys.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras