Nas Bancas

Chiara Ferragni: aos 31 anos, é a “it girl” mais influente do mundo

É um fenómeno nascido no mundo digital, mas a fortuna desta italiana, noiva do “rapper” Fedez, tem pouco de virtual.

Ana Oiveira
1 de julho de 2018, 10:00

Tem mais de 13 milhões de seguidores no Instagram, quase 400 mil no Twitter. É paga para dar a cara por marcas de luxo como Chanel, Louis Vuitton, Versace ou Lancôme. E as fotos que aqui publicamos são da sessão fotográfica que fez para a linha de beachwear da Calzedonia. É um facto: Chiara Ferragni, 31 anos, noiva do rapper Fedez e mãe de um bebé de dois meses, Leone, é neste momento a it girl mais influente do mundo (para ter um termo de comparação, veja-se que a americana Olivia Palermo tem “apenas” cinco milhões de seguidores no Instagram). E essa relevância reflete-se naquilo que ganha anualmente: 20 milhões de euros, metade do que consegue a megaestrela americana Kim Kardashian. Se tivermos em conta que neste segundo caso a fama passa também – ou sobretudo – pela televisão, e não somente pelo mundo virtual, é fácil concluir que a italiana é uma verdadeira máquina de fazer dinheiro. Claro que a relação com Fedez, com quem se especula que tem casamento marcado para este verão, potenciou o seu valor mediático.


Tudo começou com um blogue, The Blond Salad, que fundou em 2009, com o ex-namorado, Riccardo Pozzoli. Hoje, The Blond Salad é já uma plataforma e uma revista de moda e viagens e deu origem a uma empresa gerida por Chiara e pela irmã, Valentina, que contrata cerca de 20 empregados. O sucesso empresarial é de tal forma que a própria Chiara foi convidada pela Universidade americana de Harvard para dar uma masterclass sobre o êxito comercial do seu projeto. O segredo será uma combinação de talento para o negócio (a formação em Direito certamente ajudou) com uma noção muito apurada de estilo próprio, a tal ‘salada’ que deu nome ao seu projeto, no sentido em que sabe misturar influências, criando simultaneamente uma identidade própria, que muitas procuram imitar por esse mundo fora. Mas essa é uma característica difícil de fabricar: esta italiana, que chegou a ser modelo, tem mesmo um sentido inato para a estética.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras