Nas Bancas

Tom Brady e Gisele Bündchen falam sobre a vida em família

Algo raro para o casal, que trocou alianças em 2009.

CARAS
26 de junho de 2018, 15:24
A casa de família em Brookline, Massachusetts, é um santuário para Gisele Bündchen. Numa nova entrevista, a top model brasileira revela o motivo por que vive na cidade onde Tom Brady joga pelos New England Patriots com uma palavra: amor. “Eu amo o meu marido. Os meus filhos nasceram aqui, no nosso apartamento antigo na rua Beacon", explicou à Vogue norte-americana.

O atleta, por sua vez, reforçou que a casa é o 'ninho' da família numa entrevista concedida a Oprah Winfrey. “Amo chegar a casa e encontrar alguém que me envolve toda noite. Ela faz-me rir", disse, revelando ainda que o relacionamento é baseado no equilíbrio. “Ela é tão criativa e eu sou mais enraizado. Então ela consegue puxar-me de uma forma que eu nunca conseguiria. E eu mantenho-a, de alguma maneira, perto o suficiente para que não vá tão longe.”
É Gisele quem incentiva a família a seguir uma rotina mais próxima da natureza. Em casa, a modelo ensina os filhos do casal a fazer jardinagem, compostar os resíduos orgânicos e a reduzir o lixo que produzem. Segundo Bündchen, Benjamin, de 8 anos, e Vivian Lake, de 5, são “os pequenos defensores” do ambiente e aprendem a cada dia com a experiência. “Eles entendem que precisam nutrir as sementes. Se vem uma geada, perdemos a planta e temos de começar tudo de novo, de uma nova maneira. A natureza é a maior escola: está sempre a ensinar-nos a adaptarmo-nos".

Mas os quatro precisam manter uma vida privada, afinal Brady é o cidadão mais famoso do estado de Massachusetts e Gisele uma das manequins mais conhecidas do mundo. Na comunidade na qual vivem, a top model é próxima de muitas das mães de outras crianças da escola, onde implantou um programa de meditação. Durante a semana, uma das atividades sagradas para a mãe de Ben e Vivian é levá-los aos jogos do pai aos domingos, “para que Tom sinta que estamos a apoiá-lo.” O quarterback dos New England Patriots revela que não pretende parar de jogar tão cedo. “Enquanto eu conseguir manter o compromisso, a minha família tem o tempo que precisa e eu posso continuar a jogar o desporto que amo”, disse o atleta, que garante que tem a aprovação da mulher: “Ela quer que eu continue a fazer o que amo e continue a cuidar de mim mesmo, ao mesmo tempo que me quer presente com meus filhos quando eles precisam de mim e disponível para todos na família.” Brady traduz a cumplicidade do casal numa frase: “Gisele sabe que pode contar comigo assim como eu posso sempre contar com ela.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras